Header Ads

  • Últimas

    Ponte interditada em Santa Luzia gera caos no trânsito e confunde motoristas



    Com a interdição da ponte que liga o bairro São Benedito ao Centro de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, desde essa terça-feira (1º), o trânsito foi desviado para as ruas de um bairro perto da ponte, localizada na avenida Brasília, o Baronesa. Ao todo, a região do São Benedito concentra cerca de 130 mil habitantes. O trecho também é utilizado por motoristas que chegam ou vão para a capital mineira. 

    No entanto, a solução adotada inicialmente pela prefeitura acabou se transformando em um pesadelo para os moradores do Baronesa, que viram as ruas calmas do bairro se transformarem, da noite para o dia, em um local de tráfego intenso, com passagens disputadas por carros e veículos pesados, mudanças repentinas de itinerário de ônibus e uma confusão generalizada.

    "A ponte fica entre uma fábrica de café e uma fábrica de colchões, e o Baronesa se tornou o único bairro possível para o desvio. Então, está passando caminhão pela região, ônibus que tinha que descer em uma rua está trafegando por outra, o pessoal que mora no bairro está demorando mais de uma hora para sair dele", conta a moradora Herlane Meira. 

    Além disso, as ruas principais do bairro são estreitas, embora sejam mão dupla. Por isso, os motoristas de ônibus acostumados com o bairro já sabem como transitar ali. Mas com a interdição, outros ônibus que fazem os trajetos dos bairros Duquesa, Liberdade e Belo Vale, por exemplo, estão tendo que passar pelo bairro Baronesa também, incrementando a confusão no tráfego. 

    Outro problema é uma ponte antiga na região, entre as avenidas Europa e Pedro I, que era bem pouco utilizada, mas, com a interdição da outra ponte, ela passou a ser usada até mesmo por ônibus e caminhões.

    "Passavam uns 10 carros por dia ali e agora começou a passar ônibus também, caminhão. É uma ponte muito antiga que, embora asfaltada por cima, fica sobre um córrego que passa em uma comunidade. Não sei se ela vai aguentar um tráfego tão intenso assim e isso porque essa semana ainda é recesso em muitos lugares aqui, mas imagina na semana que vem quando todo mundo tiver voltado a trabalhar?", preocupa-se a moradora. 

    Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Santa Luzia informou que a Secretaria Municipal de Obras está fazendo um levantamento para a elaboração de projeto emergencial para recuperar o aterro de chegada à ponte e que não há avarias na parte estrutural.


    Novas rotas

    Sobre a rota de desvio pelas ruas do bairro Baronesa, a prefeitura informou que um estudo está sendo feito para que, a partir desta quinta-feira (3), os veículos que estiverem indo da região da sede para o São Benedito passem pela rua Imperatriz Leopoldina, peguem a rua Marquesa de Santos e em seguida a rua Dona Amélia para então acessarem a avenida Pedro I. E para os motoristas que estiverem vindo da região de São Benedito, o caminho continua sendo a avenida Pedro I até a avenida Brasília, na altura do bairro Duquesa. A medida servirá para acabar com a retenção na região. Guardas municipais já estão no local orientando os motoristas.

    Além disso, a prefeitura também orienta que caminhões evitem passar por dentro do Baronesa e indica uma nova rota para veículos pesados. Confira:

    "Os caminhões que estiverem na região da sede com destino a Belo Horizonte devem passar pela avenida das Indústrias em direção à Via 240 ou pela avenida Beira Rio, em direção à BR 381. Os que estiverem na região do São Benedito devem pegar a avenida Brasília, em direção à MG 010. Uma alternativa que pode ser utilizada por veículos leves ou de carga é a Estrada do Alto das Maravilhas, com entrada na MG-010, na altura do bairro Angicos, em Vespasiano. A estrada desemboca no bairro Frimisa".

    Entenda

    Por causa das fortes chuvas que atingiram Santa Luzia nos últimos dias, a encosta da ponte que liga o bairro São Benedito à sede do município acabou desabando, fazendo com que a ponte fosse interditada nessa terça (1°) por medida de segurança. O fechamento do acesso ocorre por tempo indeterminado.

    Diante disso, a prefeitura da cidade soltou um comunicado informando que, com a interdição, os motoristas deveriam usar as ruas do bairro Baronesa como rota alternativa. Já nesta quarta-feira (2), outro comunicado foi divulgado pela prefeitura pedindo para que os veículos de grande porte não passem por dentro dos bairros no entorno da ponte.

    Fonte: Hoje em Dia



    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Post Bottom Ad

    Rádio Vitrine Santa Luzia