Header Ads

  • Últimas

    Justiça ouve testemunhas sobre morte de jornalista em Santa Luzia


    Uma audiência de instrução, realizada nesta segunda-feira (5), na 2ª Vara Criminal de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ouviu testemunhas no processo em que a ex-prefeita da cidade, Roseli Ferreira Pimentel, foi denunciada pela morte de um jornalista.

    De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o caso corre em segredo de Justiça e nenhuma informação pode ser divulgada. O processo está em fase de instrução e a ex-prefeita ainda não foi interrogada.

    Roseli (PSB) está em prisão domiciliar desde o dia 7 de outubro de 2017 e renunciou ao cargo em maio de 2018. Ela foi presa por suspeita de participação na morte do "Jornalista" Maurício Campos do Tablóide político "O Grito".

    O dono do jornal de 64 anos, morreu baleado em agosto de 2016. De acordo com a Polícia Militar, ele foi atingido por cinco tiros no bairro Frimisa, em Santa Luzia.

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine