Header Ads

  • Últimas

    Prefeito concede coletiva Bombástica e fecha Prefeitura para Balanço


    O Prefeito de Santa Luzia, Christiano Xavier, concedeu coletiva na tarde desta Sexta-feira 03 à imprensa local e declarou que a Prefeitura está fechada para Balanço nos próximos 120 dias.

    Christiano Xavier, Prefeito de Santa Luzia, concedeu uma coletiva de imprensa aos canais de santa luzia e exaltado revelou que encontrou a Prefeitura de 'pernas para o ar'. De posse de um documento contendo vários elementos, o Prefeito fez uma breve leitura em que destacou todas as irregularidades encontradas na gestão.

    Segundo o prefeito delegado, haviam indícios de irregularidades em vários contratos celebrados pelas gestões anteriores, muitos destes com desvios de finalidade (Pessoas eram contratadas para fazer campanha e pagas com dinheiro público). Veja abaixo outros destaques:

    * Foram encontrados dois mamógrafos abandonados que poderiam estar funcionando e atendendo a população.
    * 9.276 exames especializados foram encontrados descartados, sem retorno aos pacientes e médicos.
    * Foram detectados pedidos de troca de 4.000 Lâmpadas e que não foram realizados, mesmo com um fundo próprio que gira em torno de R$1.600.000,00.
    * Foi detectada uma frota exagerada de veículos que prestam serviços à Prefeitura. Algumas vans chegam a custar R$ 32.000,00 aos cofres públicos onde muitas delas são do mesmo dono (que recebe dobrado).
    * Foi detectado que o sistema de saúde da cidade não é informatizado, mesmo desde a época de Calixto havendo investimento na área.
    * Segundo a AMM (Associação Mineira de Municípios) o estado deve à Cidade de Santa Luzia R$32,625.000,00 em repasses (impostos)
    * O município está inadimplente segundo o TCMG (Tribunal de contas) e não cumpre suas obrigações desde o início do ano
    * O Convênio com a Copasa está vencido há mais de 5 anos
    * Foi detectado inadimplência de R$ 169.000,000,00 de Grandes empresas que atuam em Santa Luzia
    * Foi Detectado aumento excessivo no valor da folha salarial do Executivo. Segundo o Prefeito foram gastos R$78.000.000,00 só com salários em apenas um ano, um aumento de 24% em pessoal sem contar os funcionários terceirizados.


    Com as irregularidades encontradas o Prefeito bateu o martelo e decretou estado de excepcionalidade por 120 dias, ou seja, os serviços da prefeitura serão limitados nos próximos quatro meses. Durante este período não haverão mais contratações, nomeações e o executivo fechará para balanço. Há ainda o risco de que o concurso público convocado pelo prefeito interino Sandro Coelho não seja realizado. Segundo o Chefe do executivo por problemas no Edital.

    Confira abaixo a Coletiva:

     

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine