Header Ads

  • Últimas

    Secretário municipal de Santa Luzia rebate críticas do Prefeito em entrevista à Rádio de BH


    Mozart Grossi foi acusado por Christiano Xavier de ter obrigado professores a fazer boca de urna

    Em entrevista à rádio Super Notícia FM, o secretário municipal de Educação de Santa Luzia, Mozart Grossi, rebateu nessa quinta-feira (5) as críticas feitas pelo prefeito eleito da cidade, Delegado Christiano Xavier (PSD). Na quarta-feira (4), no mesmo programa, Xavier tinha afirmado que Grossi estaria envolvido em atitudes ilegais na eleição extemporânea no município, que ocorreu no último dia 24. Segundo ele, o secretário obrigou os diretores de escolas municipais a fazer boca de urna.

    Grossi se defendeu das acusações e afirmou que ordenou que os diretores ficassem nas escolas, durante a votação, somente se fosse extremamente necessário e para que não ocorresse boca de urna. “Só ficaria na escola se houvesse a necessidade, se não tivesse nenhum outro servidor que soubesse onde ficava um quadro de disjuntor, um registro. Mas nós orientamos para que nenhum diretor ficasse na escola para exatamente não ter esse tipo de problema”, defendeu-se.

    Ele ainda negou que tenha sido preso durante a campanha, como foi alegado por Christiano Xavier. “Não tivemos nenhum servidor público municipal preso no dia da eleição por qualquer motivo”, garantiu o secretário. Grossi faz parte da equipe do prefeito interino do município, Sandro Coelho (PSB), que ficou em segundo lugar nas eleições suplementares em Santa Luzia.

    Quando questionado sobre o que faria diante das declarações do prefeito eleito, o secretário respondeu que poderia entrar com um processo por calúnia e difamação, mas que, “apesar de todas as adversidades”, não iria acionar a Justiça por conta “do atual momento difícil por que passa o município”. Grossi ainda desejou que Christiano Xavier faça um bom trabalho na prefeitura. “A gente tem que promover a paz na cidade, e eu espero, do fundo do meu coração, que ele faça uma excelente gestão”, disse.

    Irregularidades 

    O prefeito do PSD também atacou a atuação do município na área da educação. Ele criticou fortemente a situação das escolas de Santa Luzia, em especial a compra irregular de materiais feita pelo Executivo. Grossi, no entanto, afirmou que essa foi apenas “mais uma inverdade” dita por Xavier.

    Segundo ele, os módulos adquiridos são utilizados pelas principais escolas do país. “Nós adquirimos os módulos escolares, que são específicos para serem feitos como salas de aula e escritórios”, afirmou o secretário. “Então, foi por isso que a gente pediu esse espaço, para a gente relatar a verdade aos ouvintes”, completou.

    Justiça Eleitoral

    Delegado Christiano Xavier deve ser diplomado prefeito de Santa Luzia dentro dos próximos 15 dias. Ele foi eleito no último dia 24, quando recebeu 54.470 votos (54,28%).

    Fonte: O Tempo

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine