Header Ads

  • Últimas

    Prefeitura cancela contrato com OSS e serviços na saúde podem ficar prejudicados


    Após auditoria em contratos de empresas com a Prefeitura, o executivo resolveu romper o contrato que tinha com a OSS Instituto Bom Jesus, que administra a Upa e o Hospital Municipal.

    O Anúncio ocorreu este fim de semana e faz parte de um programa de "corte de gastos" imposto pela gestão para manter os serviços 'funcionando'. Os Pagamentos de Agosto devem ser depositados e os funcionários que prestam serviço nos pronto-atendimentos devem permanecer no cargo até o dia 31 de agosto. Segundo a assessoria da Prefeitura "está sendo estudada uma nova forma de gestão pra ser implementada no município a partir de setembro".

    O prefeito interino Sandro Coelho havia renovado o contrato com o Instituto até o fim de dezembro de 2018. O valor da negociação era cerca de R$ 33 milhões. Ao que parece a ação não agradou a gestão Christiano e se um novo contrato não for fechado nos próximos meses poderemos ter paralisação do atendimento emergencial em Santa Luzia.

    Há um compromisso de mais um repasse de R$ 5,4 milhões. O instituto gerencia o atendimento de Urgência e Emergência da UPA e do Hospital Municipal) desde que Sandro Coelho assumiu a Prefeitura após afastamento da Prefeita Roseli Pimentel.

    2 comentários:

    1. Estou curioso para ver como será essa nova gestão implantada em tão poucos dias. Torço para que dê certo, caso contrário os problemas serão enormes.

      ResponderExcluir

    2. Começou a avacalhar a cidade aff...

      ResponderExcluir

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Post Top Ad

    ads

    Post Bottom Ad

    Info Drive