Header Ads

  • Últimas

    Aluno é atropelado em Frente à Escola Municipal professora Síria Tébith no Cristina


    Um aluno da Escola Municipal Professora Síria Tébith, que fica no Bairro Conjunto cristina B em Santa Luzia, foi atropelado por um carro de passeio durante a saída das aulas, na tarde desta Quinta-feira 28. Populares informam que havia grande aglomeração de Carros Particulares e Vans Escolares em frente à Escola, quando a vítima foi atingida pelo Veículo. Segundo pessoas ouvidas pelo Blog, o Veículo prata que está na imagem foi o responsável pelo atropelamento. O Acidente ocorreu por volta das 17:20 e o veículo passou por cima da perna da vítima. O SAMU chegou cerca de 20 minutos após ser acionado.


    Moradores da região contam que vans irregulares (sem identificação) circulam livremente e Veículos Doblôs costumam estar lotados de crianças. O Blog foi ao local na manhã desta Sexta-feira e constatou as denúncias. Haviam vários veículos Fiat Doblô transportando crianças de maneira clandestina (já que não é um veículo oficial de transporte escolar) e uma das motoristas, nos confirmou (em off) que transporta crianças (Não são parentes) e que cobra valores abaixo dos cobrados pelas vans. Indagada se teria como oferecer 'seguro' em caso de acidentes, ela revelou que costuma informar este 'detalhe' aos pais que contratam o serviço.

    Em Relação às Vans sem identificação, já havíamos denunciado a situação por várias vezes, aqui no Vitrine. Em Fevereiro, Flagramos até vans com pneus carecas, outras sem a faixa de 'escolar', algumas com documentação vencida e motoristas sem habilitação. Ano passado, um projeto foi aprovado pelos vereadores, após mobilização dos profissionais de vans escolares que atuam no município, que visava aumentar o tempo em que as vans pudessem circular na cidade. Até aquele momento, apenas vans com até 5 anos podiam transportar crianças em Santa Luzia. Com a Pressão da Categoria e mobilização de alguns vereadores e pré candidatos à Prefeitura, este tempo foi estendido para 10 anos. De lá pra cá não houve mais fiscalização e vans escolares em más condições voltaram a circular na cidade.

    Em Maio deste ano, uma van Escolar que transportava crianças, capotou no Bairro Palmital. As características do veículo batem com a Van que o Vitrine denunciou três meses antes e nenhuma medida foi tomada pela Secretaria Municipal de Educação.

    Em contato com a E.M Professora Síria Tébith, os profissionais informaram ao Blog que tomaram todas as medidas para garantir o socorro da Vítima e que assim que ocorreu o acidente ele foi socorrido. Já a Secretaria Municipal de Educação revelou não ter conhecimento do fato. Em relação ao transporte irregular, nos informaram ter conhecimento do fato e que em parceria com a Guarda Municipal estão tentando coibir a prática, porém, o serviço cresceu muito nos últimos anos e reconhecem enfrentar dificuldades na identificação dos infratores.



    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine