Header Ads

  • Últimas

    NET é multada em quase R$ 3 milhões por cobrança indevida de ponto extra


    A operadora NET precisou pagar mais de R$ 2,8 milhões de multa ao Fundo Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (FEDPC) por cobrar indevidamente o ponto extra da TV a cabo dos seus assinantes. A multa aplicada pelo Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor de Minas Gerais (Procon-MG) foi executada a pedido da Advocacia-Geral do Estado (AGE).

    A cobrança indevida aconteceu em 2000 quando a empresa, que atualmente pertence a Claro, começou a implementar uma nova tecnologia de codificações de sinais para tentar diminuir a pirataria. Para que isso fosse evitado, aparelhos decodificadores foram entregues aos clientes, porém foi cobrada uma taxa adicional, que é indevida.

    Essa prática, conforme o Procon-MG, configura vantagem manifestamente excessiva, na forma do artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, e conflita com o princípio do equilíbrio das relações de consumo, previsto no artigo 4º da mesma lei.

    Fonte: MPMG

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine