Header Ads

  • Breaking News

    Idoso é assassinado a golpes de Faca em Santa Luzia acusado de 'falar alto demais'


    Dois homens foram presos e indiciados pela Polícia Civil pela morte do caseiro José Pinto dos Reis, de 62 anos, assassinado com golpe de faca em um sítio em Santa Luzia, na região metropolitana, em outubro do ano passado. Os suspeitos, de 22 e 25 anos, assumiram ter participado do crime e contaram que o idoso foi morto por “falar alto” durante a abordagem.

    A vítima, que não tinha antecedentes criminais, era caseiro há 20 anos no sítio onde foi executado e voltava de uma festa de família quando foi morto. Conforme investigações, os suspeitos renderam o caseiro com simulacro de arma de fogo, que na verdade seria uma furadeira envolvida em uma blusa, na intenção de roubar bens do sítio. Segundo a delegada Adriana Rosa, da Delegacia de Homicídios de Santa Luzia, os suspeitos tinham conhecimento da área e acreditavam que sítio abrigava muitos bens.

    “Os autores conheciam a residência e na data dos fatos eles chegaram por uma cerca lateral. Eles tinham ciência de um circuito de alarme que existia”, afirmou.

    Ainda segundo a delegada, ao abordarem o caseiro, os criminosos julgaram que ele estaria fazendo barulho para chamar atenção, momento em que um dos suspeitos, de 25 anos, teria deferido o golpe. Ele assume que participou da abordagem, mas nega que seria o autor do homicídio. Eles fugiram em seguida sem levar nenhum objeto da residência.



    O inquérito foi concluído e encaminhado para a justiça nesta quinta-feira (15). Ambos os suspeitos já têm antecedentes criminais e vão responder pelo crime de latrocínio podendo pegar entre 20 e 30 anos de prisão.

    Fonte: O Tempo

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad