Header Ads

  • Últimas

    Após 22 anos no Brasil, Fiat Palio sai de linha


    Carro foi o mais vendido do país em 2014, mas não resistiu ao lançamento do Argo. Relembre a história do modelo.

    Ex-líder de vendas no Brasil, o Fiat Palio saiu de linha no país, confirmou a montadora nesta quinta-feira (22). O modelo já não está mais disponível no site da marca e "sumiu" ao mesmo tempo em que o sedã Cronos era lançado.

    Outro a dar adeus foi o Punto. Ambos foram susbtituídos simultaneamente pelo Argo, lançado no ano passado. Com o fim do Palio, o Mobi assume de vez a posição de veículo de entrada da montadora no país, enquanto o Uno é uma opção intermediária.

    As vendas do Palio já estavam em baixa, e o G1 mostrou que a chegada do Argo poderia influenciar sua saída de linha.

    Lançado em 1996, o Palio teve mais de 3 milhões de unidades vendidas e produzidas nesses 22 anos. Seu auge foi em 2014, quando conseguiu desbancar o Gol na liderança de vendas. Mas essa posição durou apenas um ano, e o Palio foi superado pelo Chevrolet Onix na sequência.

    1996


    O Palio surgiu como um produto para mercados emergentes, e o grande destaque na época foi o seu visual, considerado moderno. A primeira geração teve motores 1.5 8V e 1.6 16V. Em seguida, veio o 1.8 8V.

    2001


    Foi a primeira grande reestilização do modelo. Ele deixou as linhas arredondadas de lado, para ganhar um ar mais "quadradão". Um ano antes, o modelo havia ganhando opção de motor 1.3 16V. Na sequência, houve a estreia do motor Fire 1.0.

    2004


    Mais mudanças no visual são feitas pela Fiat. Deixando de lado o estilo mais sóbrio, o carro ganha novamente uma personalidade própria, com faróis angulados. Essa estética foi mantida na versão Fire, a mais barata de todas, até quase o fim da vida do Palio.

    2009


    Foi uma fase de várias mudanças para o Palio. Em 2008, o carro recebeu o novo desenho, mais uma vez adotando faróis de linhas retas na dianteira. Pouco tempo depois, no entanto, a dianteira mudou de novo, ganhando o farol que já era do Siena, com um pequeno detalhe arredondado na parte interna. Era como ser o carro tivesse "aberto" os olhos. As opções de motores eram 1.0, 1.4 e 1.8, todos de 8 válvulas.

    2012


    No final de 2011, a última geração do Palio foi lançada. O visual foi considerado controverso, principalmente na parte traseira, com uma lanterna bem extravagante. As opções de motores eram 1.0, 1.4 e 1.6 16V.

    Apesar das polêmicas sobre a estética, foi a partir daí que o carro cresceu em vendas até chegar ao topo, em 2014. Muito do mérito, porém, se devia ao Fire, com visual baseado no modelo 2004, que continuava a ser vendido.

    Fonte: G1

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Info Drive