Header Ads

  • Últimas

    Sandro Coelho promete depositar pagamento à Terceirizados na Próxima Segunda-feira


    A Página Santa Luzia Já divulgou através das redes sociais informações que pudessem esclarecer a situação preocupante que nossa cidade vive em relação a serviços básicos e que não podem parar. Os dados não são oficiais, mas são de fonte 100% confiável, portanto:


    1. SANE: compromisso do prefeito em exercício de que o pagamento sai nessa segunda. A prefeitura vai cumprir o pagamento da nota da empresa e essa deverá quitar os salários em atraso.

    2. APGP: empresa que cuida da UPA e do Hospital, está com o contrato vencido desde 23 de setembro. No seu vencimento, havia duas notas a serem pagas pela prefeitura, e de lá pra cá o débito ficou inviável, porque sem contrato não é possível a quitação da nota. A saída é aderir a uma ata, onde nova empresa assuma os serviços com um contrato válido e haja o reaproveitamento dos funcionários na ativa.

    3. ENGELIFE: esta empresa cuida da coleta de lixo e da limpeza e retirada de entulhos na cidade. Contrato vencido desde 09 de setembro e... duas notas sem pagar. Como resultado, a mesma situação se configura: é necessário que uma outra empresa assuma a prestação de serviços, com reaproveitamento dos funcionários hoje contratados.

    Com acompanhamento jurídico eficiente as ações da prefeitura, bem como a lisura dos processos e a transparencia das empresas envolvidas está sendo verificado em busca de uma normalidade absoluta.
    Vale dizer que a troca da APGP pode promover economia aos cofres públicos de 1,5 milhão de reais por mês.

    No caso da coleta de lixo, a expectativa é de algo em torno de 520 mil reais por mes de economia. Portanto, resta esperar a providencia das trocas e acima de tudo, a preservação dos direitos trabalhistas e o trabalho dos funcionários das empresas. Esses nada têm a ver com os problemas apurados.

    A prefeitura, nesse momento representada por Sandro Coelho está buscando agir na defesa dos interesses maiores da população luziense. A afirmação é de que há déficit financeiro, e que há necessidade de se readequar os gastos para que o ano feche sem débitos ou problemas na prestação de serviços. Aí reside a importância das medidas tomadas. E também há o compromisso oficial de que a classe trabalhadora não será prejudicada. Estuda-se saídas viáveis para o pagamento dos salários de todos.


    Fonte: Santa Luzia Já

    Um comentário:

    1. Anônimo15:14

      NOS FUNCIONÁRIO DA SANE QUE PRESTA SERVIÇO P PREFEITURA DE SANTA LUZIA CONTINUA SEM RECEBER O SALARIO DO MESES: ESTAMOS PAGANDO PASSAGEM DO NOSSO BOLSO PRA IR TRABALHAR, FALTA DE RESPEITO COM O TRABALHADOR:

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Info Drive