Header Ads

  • Últimas

    Cohab Fará Mutirão para resolução de pendências com moradores do Palmital a partir de 27 de novembro


     


    Até 01/12, audiências de conciliação resolvem pendências com os mutuários do Conjunto Palmital em Santa Luzia.

    Dos 360 casos que serão atendidos até 31 de outubro, 256 se referem a débitos dos financiamentos. Um segundo mutirão, que deve incluir também moradores de outros conjuntos habitacionais, como o Palmital, será realizado na Semana Nacional da Conciliação, de 27 de novembro a 1º de dezembro. Para a ocasião, estão previstas 300 audiências. Desse total de casos, 250 são para a negociação de débitos. Dados da Cohab apontam que, apenas no Conjunto Palmital, 1,3 mil mutuários estão com pagamentos em atraso.

    “A conciliação é um caminho importante, porque, se não houver um acordo com esses moradores, a Cohab vai ajuizar ações para rescindir os contratos existentes e requerer a reintegração de posse dos imóveis”, explica Clóvis Pupo Nogueira, assessor jurídico da Cohab. Exatamente para impedir que as pessoas percam suas moradias e para que os casos sejam resolvidos de forma mais célere, foi firmada uma parceria, em março deste ano, entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e a Cohab, por meio do presidente do Tribunal, desembargador Herbert Carneiro, do presidente da Cohab, Alesssandro Marques, e do procurador jurídico da companhia, Flávio Albuquerque.

    Muitos moradores que não foram convidados para essa primeira fase do mutirão têm procurado o Cejusc para tentar resolver seus casos. Alguns chegam ao local com toda a documentação necessária e, na medida do possível, têm sido atendidos e saído do local com suas escrituras.

    O Cejusc funciona na Avenida das Indústrias, 210, Vila Olga, em Santa Luzia.

    Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
    Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine