Header Ads

  • Últimas

    Guarda municipal de BH suspeito de estuprar dona de bar no Palmital é afastado




    O guarda municipal de 37 anos suspeito de estuprar a proprietária de um bar no bairro Palmital, em Santa Luzia, na região metropolitana da capital, foi afastado de suas funções. Ele deve ficar longe do trabalho por 30 dias para que o caso seja investigado. Além disso, vai responder por um Processo Administrativo Disciplinar, podendo ser exonerado do cargo.

    As informações foram divulgadas no Diário Oficial do Município na última sexta-feira (1º). De acordo com o decreto, as investigações devem ser concluídas nos próximos dois meses.

    Relembre

    De acordo com a Polícia Militar, a mulher de 30 anos estava fechando o estabelecimento quando o guarda municipal chegou. Segundo a vítima, ele pediu uma cerveja e ficou sentado no local. Ele fez ameaças e agarrou a mulher pela cintura e começou a passar a mão no corpo dela.

    A dona do bar pediu ajuda para um amigo, o homem, que também tem 37 anos, foi até o bar e expulsou o guarda municipal do local. Os dois discutiram e o guarda ameaçou o amigo da mulher. Ele disse que iria voltar ao local e “encher de bala” o amigo da vítima.

    O guarda deixou o bar, mas foi localizado pela PM, ainda no bairro Palmital, em Santa Luzia. Ele foi abordado e resistiu às ordens dos militares. O homem agrediu os policiais e precisou ser algemado e contido à força. O guarda foi preso e levado para a Delegacia de Plantão de Santa Luzia. Ele apresentava sinais de embriaguez. Além disso, A vítima entregou à polícia um pino de cocaína que seria do guarda e foi deixado no bar.

    Fonte: BHAZ

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine