Header Ads

  • Breaking News

    Metrô de BH pode entrar em greve por tempo indeterminado




    Está marcada para a tarde desta terça-feira (29) uma assembleia dos metroviários na Praça da Estação, no centro de Belo Horizonte. O objetivo é definir os próximos passos da categoria quanto ao não posicionamento da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) sobre o reajuste salarial para 2018. Nesta reunião é possível que seja definida uma greve por tempo indeterminado nos serviços.

    Em conversa com a imprensa, Robson Zeferino, diretor jurídico do Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindimetro-MG), afirmou que eles possuem uma agenda onde consta o período que deve ser apresentado a proposta do reajuste. “Até o momento eles não apresentaram nada, por isso apresentamos nossa proposta e esperamos o posicionamento deles”, disse.


    Em 23 de agosto, foi marcada no Tribunal Superior do Trabalho (TST), uma reunião de conciliação com o intuito de resolver o impasse entre servidores e CBTU. Porém, ela foi cancelada e não foi marcada uma nova data para a discussão. Com o cancelamento, a categoria fez estudos que levaram em conta a inflação do país e as perdas da empresa e chegou a uma porcentagem de reajuste.

    “Queremos 12,29% de aumento salarial, além de mais quatro níveis da tabela salarial. A proposta já foi apresentada, mas a CBTU continua não falando nada”, relata o diretor. Atualmente, o metrô da capital atende 280 mil passageiros diariamente e conta com 1.500 funcionários, fora os que são terceirizados. A assembleia acontecerá em todos os estados do país a partir das 18h.

    Fonte: BHAZ

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    https://www.facebook.com/infodriveinformatica

    Post Bottom Ad