Header Ads

  • Últimas

    Dentista que se passava por Major do Exército em BH, comete suicídio



    A Polícia Civil vai investigar as causas da morte de um homem de 47 anos ocorrida na região Nordeste de Belo Horizonte. O corpo foi encontrado, neste sábado (22), dentro da piscina da casa onde ele morava. O dentista ganhou os noticiários nesta semana por se passar por militar do Exército e ser preso por porte ilegal de arma. A suspeita inicial é de suicídio.

    De acordo com a Polícia Militar (PM), um funcionário da casa foi quem encontrou o homem morto dentro da piscina. Medicamentos, facas, seringas e bilhetes supostamente escritos pela vítima foram encontrados no local. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da capital.

    Denúncia anônima levou PM à casa do falso major

    A PM chegou até o homem por meio de uma denúncia anônima na quarta-feira (19). Ele deixou que os policiais entrassem na casa e negou se passar por major do Exército. Porém, a mulher com quem ficou casado por sete anos chegou ao local e disse que ele era militar.

    A mulher alegou que os dois estavam em processo de separação e que o suspeito não a deixava entrar em casa para pegar as coisas dela. Segundo o relato, ela nunca desconfiou que ele mentisse sobre a profissão.

    O dentista indicou aos militares onde estavam as roupas militares e as armas do suspeito. Foi então que assumiu o crime. Segundo o homem, ele se veste como militar como um hobbie, pois o pai dele era um policial militar. Ele disse que conseguia as roupas e as armas pela internet. Além disso, encomendava as fardas em costureiras.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    ads

    Post Bottom Ad

    Info Drive