Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Roseli Foi indiciada Por Participação em Morte do Jornalista do Jornal O Grito?



Saiu Hoje à Tarde, o Portal da Rádio Itatiaia Divulgou um Artigo (nota) informando que a Prefeita de Santa Luzia, Roseli Pimentel, havia sido indiciada por Participação na Morte do Jornalista Mauricio Campos Rosa, Dono do Jornal O Grito.

Assim que visualizei o Link (5 horas depois da publicação), não consegui encontrar o artigo, que foi reescrito pelo Jornalismo da Itatiaia e com uma ressalva, informando que ela (a Prefeita) estava sendo investigada e que não havia sido indiciada, como dizia o artigo. Acredito eu, que a informação vazou antes da hora (provavelmente de propósito) e foi corrigida pelo TJMG (ou órgão que está investigando o caso) no momento da divulgação do artigo.



O Gozado da segunda nota da Itatiaia, é que não contém qualquer informação relevante sobre o caso, traz apenas um áudio informando que a investigação segue sob sigilo de justiça e que as informações só serão dadas à Imprensa depois de concluídas as investigações, visto que a Prefeita possui "Foro Privilegiado".

Bom, vamos lá aos fatos que temos:

Mauricio Campos Rosa de 64 anos, foi assassinado com cinco tiros de Pistola 380, quando deixava a casa de uma amiga na avenida Álvaro Teixeira Filho, no bairro Frimisa, por volta das 21h do dia 17 de Agosto de 2016. (releia o artigo da morte do Jornalista aqui).



Mauricio Campos Rosa não era um jornalista Muito querido na cidade e seu informativo, O Grito, era tido pela Oposição, como um Jornal Comprado pela Prefeitura para falar bem de Roseli Pimentel. Apesar das denúncias (como na edição acima), várias páginas continham sugestões de pautas enviados pelo Executivo e o informativo mais parecia um divulgador de campanha do que um jornal da cidade. Não sei da Relação de Mauricio Campos Com Roseli, mas não me parecia ser uma relação ruim, visto que provavelmente (digo provavelmente) o Jornalista deveria receber alguma ajuda em publicidade do Executivo, visto que dedicava vários artigos elogiosos à Obras da Gestão.

Apesar dos elogios, O Informativo também vinha recheado de críticas, em sua maioria direcionados à Oposição. Na edição da imagem acima, o ex candidato a Prefeito Delegado Christiano Xavier e o Ex Vereador David Martins foram brindados com artigos ácidos às Suas pessoas. Christiano foi acusado de usar de poder de polícia para intimidar funcionários de posto de saúde e David denunciado por "Forjar" denúncia. Por matérias como estas o Jornalista colecionava processos. 


Na Edição da Imagem acima mais dois exemplos dos ataques do Informativo O Grito. Desta vez a "vítima" foi o vereador e ex Presidente da Câmara em 2016, Lacy Dias. Outro Vereador apontado foi de Jaboticatubas, cidade onde o Informativo também circulava. Mauricio escreveu vários artigos (entende-se como autor visto que era o jornalista responsável pelo informativo) denunciando corrupção em várias cidades da Região Metropolitana de BH. Por ser um Jornalista polêmico e não muito quisto no meio, Mauricio podia ter muitos inimigos.


Um dos temas favoritos e que sempre tinham espaço no jornal, era ataques ao PT e ao antigo governo Dilma Rousseff. Como gancho o Jornalista sempre citava o PT de Cristina Corrêa (Tradicional candidata a Prefeito) e a Vereadora Suzane Duarte.


As edições sempre eram compartilhados nos perfis do Fotógrafo do Jornal, do Jornalista Mauricio Campos e do próprio Jornal.

Ameaças

O vitrine Divulgou com exclusividade, um boletim de ocorrência lavrado pelo ex Vereador Lacy Dias em Agosto de 2016, Pouco antes da Morte do Jornalista Mauricio Campos, denunciando ameaças por parte do Jornalista frente o Vereador. No Documento, Lacy relata que Mauricio campos o ameaçou por três vezes, em todas, pedia dinheiro em troca de silêncio ou a não publicação de matérias de cunho político que podiam comprometer seu papel como presidente da câmara Municipal de Santa Luzia, durante o seu mandato. (releia o artigo aqui). Pouco tempo depois Lacy foi denunciado pela Policia como um dos 10 vereadores envolvidos na Máfia do Lixo. Chegou a ficar foragido e terminou seu mandato afastado da câmara Municipal. O vereador ainda responde a inquérito.

Prisão

Mauricio era conhecido pelo seu perfil polêmico e chegou a ficar preso de 12/09/2011 a 12/08/2013. O proprietário do Jornal O Grito foi condenado e Preso na cadeia de Santa Luzia no dia 15/09/2011 até ser transferido para a APAC da cidade onde ficou até 20/09/2011. Da APAC, Mauricio foi transferido para a Penitenciária Nelson Hungria por inadequação as Normas do estabelecimento. No dia 11/04/2013 foi novamente transferido desta vez para a Penitenciária José Maria de Alkimin, onde no dia 12/08/2013 recebeu livramento condicional.

Movimento Virtual


Após a derrota nas eleições Municipais de 2016, um grupo Político intitulado MCC, criou uma Página no Facebook para tentar desarticular o Governo eleito. A Página cujos vídeos de Abraão Soares Gracco, professor, falam de teorias políticas, tenta criar no caos político de santa luzia oportunidade de se estabelecer politicamente na cidade, seja manipulando a informação através de vídeos auto-explicativos ou polemizando através de assuntos que são pauta contra o executivo. A página é recheada de denuncias através de artigos de diversos veículos de comunicação da cidade, além de vídeos e depoimentos de entes políticos de Santa Luzia.


Apesar do pouco alcance da Página, contando com apenas 227 curtidas e poucas visualizações no Youtube, MCC provavelmente deva ser mais uma opção de articulação política frente às eleições vindouras. O Movimento foi um dos primeiros a divulgar o artigo da itatiaia e um dos responsáveis por seu compartilhamento.

Além da Página Há outro grupo no Whatsapp, organizado pela Oposição exclusivo para desarticular a gestão, montar boatos e os espalhar na internet, realizar denúncias e encontrar falhas na Condução dos trabalhos na Prefeitura.

Conclusão

A maioria dos indícios apontam que a Prefeita Roseli Pimentel não é a responsável pela Morte do Jornalista Mauricio Campos, já que, não há motivos plausíveis para que ela o fizesse, afinal de contas o jornal servia à Prefeitura e provavelmente ela o ajudava na condução de seu trabalho.

Como descrito no artigo há diversas personalidades políticas da cidade que teriam interesse na Morte do Jornalista, uma vez que seu jornal, que circulava na Região Metropolitana de BH, atacava Deus e o mundo, além é claro, das denuncias contra o Jornalista que podem ser facilmente encontradas na Internet.

Apesar da explanação, só ao fim da investigação poderemos dar luz à esta nova denúncia, sendo que todas as outras contra a pessoa da prefeita ainda não foram para frente. Veremos os próximos capítulos


Mais Informações

Postado por Moderador às 21:23. Marcadores , , , , , , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 21:23. Marcadores , , , , , , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Roseli Foi indiciada Por Participação em Morte do Jornalista do Jornal O Grito?"

Leave a reply

ajude o Vitrine

New