Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

EUA bombardeia a Síria em resposta a ataque Químico contra crianças, Russia Promete revidar



Em resposta ao ataque químico na Síria – que deixou dezenas de mortos no começo da semana e foi atribuído ao regime do presidente Bashar al Assad – os Estados Unidos bombardearam o país, na noite desta quinta-feira (6), de acordo com a Casa Branca. Esse foi o primeiro ataque americano direto na Síria durante o governo do presidente Donald Trump.
Os principais aliados de Assad, Moscou e Teerã, condenaram com veemência a primeira operação militar dos Estados Unidos contra o regime sírio. A Rússia pediu uma reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU.
Durante a noite de quinta-feira, navios americanos no Mediterrâneo lançaram 59 mísseis de cruzeiro “Tomahawk” contra a base aérea de Al-Shayrat, na região central da Síria, informou o Pentágono. A ação deixou seis mortos, feridos e importantes danos materiais, anunciou o exército sírio, sem revelar se as vítimas eram militares ou civis.
De acordo com o diretor da ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman, o aeroporto “foi quase totalmente destruído: os aviões, a pista, o depósito de combustível e o edifício da defesa aérea foram pulverizados”.
Em um discurso solene exibido na televisão a partir de sua residência na Flórida, Donald Trump explicou que os ataques estavam “associados ao programa” de armas químicas de Damasco e “diretamente relacionados” aos “horríveis” acontecimentos de terça-feira.

Após ataque químico

O ataque surpresa marca uma reviravolta para Trump, que durante sua campanha rejeitou a ideia de os EUA serem arrastados para a guerra civil daquele país. Após o ataque químico que matou inclusive crianças, o presidente disse que o ocorrido era uma “desgraça para humanidade” e que “ultrapassou muitos limites”.
Um alto funcionário da Casa Branca, que pediu para não ser identificado, disse que “o regime de Assad utilizou um agente neurotóxico com características do (gás) sarin”, e que os EUA retaliaram lançando 59 mísseis de cruzeiro contra uma base aérea.
Trump não anunciou o ataque com antecedência, embora ele e outras autoridades de segurança nacional tenham aumentando os alertas contra o governo sírio ao longo desta quinta-feira.
O presidente dos Estados Unidos convocou “todos os países civilizados” a atuar juntos para acabar com o derramamento de sangue na Síria, após bombardear posições do regime sírio em resposta a um suposto ataque químico.
“Na terça-feira, o ditador sírio, Bashar al Assad, lançou um horrível ataque com armas químicas contra civis inocentes usando um agente neurológico mortal”, declarou Trump em mensagem pela TV de sua residência de Mar-a-Lago, na Flórida. “Esta noite, peço a todos os países civilizados que se unam a nós para buscar o fim do derramamento de sangue na Síria e também para acabar com o terrorismo, de qualquer tipo. Esperamos que enquanto os Estados Unidos defenderem a justiça; a paz e a harmonia prevaleçam no final”.

Mais Informações

Postado por Moderador às 10:59. Marcadores , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 10:59. Marcadores , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "EUA bombardeia a Síria em resposta a ataque Químico contra crianças, Russia Promete revidar"

Leave a reply

ajude o Vitrine

New