Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

ATENÇÃO: Número de prevenção ao suicídio publicado em corrente sobre o jogo da Baleia Azul é falso


Mais uma corrente do Facebook não passa de um trote. Diversos usuários de Santa Luzia e do resto do Brasil estão compartilhando o seguinte texto em suas timelines:
Por favor, pelo menos três dos meus amigos do Facebook, poderiam copiar e colar essa informação?
Linha de prevenção ao suicídio: 0800-273-8255
#NaoABaleiaAzul
Ocorre que o número que está descrito na postagem é falso ou está desativado. Sendo assim, a corrente é inócua. O compartilhamento começou depois que o vários usuários da rede publicaram que um garoto de Minas gerais foi vítima do jogo. O caso do menino está sendo investigado e é verdadeiro, foi noticiado por vários veículos de comunicação.
O que realmente vale nesse momento é a conscientização dos pais e responsáveis para conversar com os adolescentes a fim de que eles não entrem nessa prática perigosa e que pode matar.

O que é jogo

Segundo o G1, esse sinistro jogo viral tem causado alarme no mundo todo. O jogo da Baleia Azul, disputado pelas redes sociais, propõe desafios macabros aos adolescentes, como bater fotos assistindo a filmes de terror, automutilar-se, ficar doente e, na etapa final, cometer suicídio.
Aparentemente o fenômeno começou na Rússia, mas está se espalhando – inclusive no Brasil, como sugerem o caso da jovem de 16 anos morta no Mato Grosso e uma investigação policial em andamento na Paraíba. Na Rússia, em 2015, uma jovem de 15 anos se jogou do alto de um edifício; dias depois, uma adolescente de 14 anos se atirou na frente de um trem. Depois de investigar a causa destes e outros suicídios cometidos por jovens, a polícia ligou os fatos a um grupo que participava de um desafio com 50 missões, sendo a última delas acabar com a própria vida.

A preocupação aumentou ano passado, quando fontes diversas chegaram a divulgar, sem confirmação, 130 suicídios supostamente vinculados a comunidades online identificadas como “grupos da morte”.

Tudo na internet se espalha muito rápido, mesmo as coisas mais inacreditáveis. Neste caso não é diferente. O fenômeno ganhou visibilidade e vem se alastrando pelo mundo. Em alguns países, como Inglaterra, França e Romênia, as escolas têm feito alertas às famílias, depois que adolescentes apareceram com cortes nos braços, queimaduras e outros sinais de mutilação.

Jogos com apelos de riscos letais têm virado moda entre os adolescentes. Um exemplo é o jogo da asfixia, que gerou vítimas no Brasil. Outro é o “desafio do sal e gelo”, no qual, para serem aceitos no grupo, os adolescentes devem queimar a pele e compartilhar as imagens nas redes sociais. Embora exista há anos, o desafio voltou com força recentemente. Sem falar no “Jogo da Fada”, que incita crianças o gás do fogão de madrugada, enquanto os pais dormem.

As recomendações para as famílias são: monitorar o uso da internet, frequentar as redes sociais dos filhos, observar comportamentos estranhos e, sobretudo, conversar e conscientizar os adolescentes a respeito das consequências de práticas que nada têm de brincadeira. Atenção redobrada com os jovens que apresentem tendência a depressão, pois eles costumam ser especialmente atraídos por jogos como o da Baleia Azul. Também as escolas devem colocar o assunto em pauta e incorporar no currículo, cada vez mais, a educação para a valorização da vida, o respeito pela vida dos outros e o uso consciente das mídias e tecnologias.

Mais Informações

Postado por Moderador às 12:42. Marcadores , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 12:42. Marcadores , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "ATENÇÃO: Número de prevenção ao suicídio publicado em corrente sobre o jogo da Baleia Azul é falso"

Leave a reply

ajude o Vitrine

New