Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Excesso de indicações inúteis, desrespeito e despreparo marcam atuação da Câmara em 2017



Mal começou o ano de 2017 e a câmara Municipal de Santa Luzia já conta com incríveis 259 indicações. Cada um dos 16 vereadores tem direito a fazer 3 indicações, o que dá uma média de 48 indicações para cada sessão. O mais curioso e tosco desta soma, são os pedidos dos vereadores, que em sua maioria são pedidos de recapeamento de ruas, manutenção de iluminação Pública e sinalização de vias. Serviços que podem ser feitos por qualquer Luziense, mediante contato via telefone, e-mail ou pessoalmente através da Ouvidoria da Prefeitura.

Não importa o Gestor ou quais vereadores ocupem as cadeiras na Câmara, o Procedimento é o mesmo. A grande Maioria não sabe sequer o papel desempenhado por um vereador, quanto mais sua função de fiscalizador do Serviço Público. As Brigas são frequentes. Entra e sai gestão e vereadores em vez de Fiscalizar, brigam entre sí para tornarem-se pais das obras realizadas pela prefeitura. A grande maioria monta comitês em bairro próximos às Suas residências e ali delimitam território. Todas as obras realizadas naquela região devem pertencer e ser creditadas ao vereador do território. Que os demais bairros que se lasquem, eles só são importantes durante as eleições, depois servem apenas como estatística. 99% das indicações são territoriais! O Vereador que deveria zelar pela cidade, vigia apenas sua região eleitoral. Apesar de efetivamente não fazer nada por ela, pois vive de ações do executivo e de parabenizar ou criticar o que não foi feito ou o que foi realizado e claro, entregar prêmios em ações eleitoreiras usando de dinheiro público.




As brigas por território são constantes, quando se deparam com um pedido de um colega solicitando a mesma melhoria, logo usam o microfone da Casa para gritarem em alto e bom som que já fez uma indicação semelhante, aos moldes da “nova” solicitada. Alguns pedidos são semelhantes aos já apresentados em legislaturas passadas, como por exemplo, o pedido de implantação de uma rotatória no trevo do Vésper – palco de inúmeros acidentes – Mas, na prática, os parlamentares ainda não tiveram os pedidos atendidos pelo executivo. Falta de conhecimento do vereador, dos assessores ou seria uma tentativa de emplacar o pedido, alegando que não sabia do pedido idêntico do colega?


ZAP ZAP E COCHILOS
Um outro fato que tem chamado a atenção  é a utilização do telefone celular durante as reuniões. É comum ver um (a) vereador (a) usando o smartphone (daqueles modelos modernos e caros) enquanto um colega faz o uso da palavra, por exemplo. Tem vereador cara-de-pau que até atende o celular durante as reuniões, sem a menor parcimônia. Também não é dificil flagrar um ou outro paramentar dando aquela famosa “pescada” – tiram um cochilo mesmo que rápido no plenário.

SEM LIMITE 
Está no Regimento Interno da Câmara: cada vereador poderá utilizar o microfone da Casa pelo prazo máximo de 5 (cinco) minutos. Na prática, alguns extrapolam e muito o tempo que lhe é permitido. Tem vereador que fala durante os cinco minutos, ouve o sinal ecoar alto, vê no painel que o tempo acabou e, mesmo assim, ainda fala por mais cinco, seis, sete minutos. Um desrespeito para com os colegas e, principalmente, para com quem acompanha a reunião, seja na galeria da Casa ou pela internet durante as nossas transmissões.

“MUDOS”
Enquanto poucos falam por muito tempo, muitos entram mudos e saem calados. O novato André Leite é um desses caladinhos.

ENQUANTO ISSO…
Em meio a “paternidade” das obras, demora de atendimento dos pedidos por parte do executivo, desrespeito às regras da Casa, uma olhadinha rápida no WhatsApp, etc, quem sofre com tudo isso é a população, que está cada vez mais descrente da política. “Eu não acredito mais em político nenhum. Isso aqui mais parece um circo. A gente vota, mas depois fica envergonhado de assistir uma reunião dessa”, disparou um morador que atentamente acompanhava a última reunião e pediu para não ser identificado.

Foto e Informações: Virou Notícia

Mais Informações

Postado por Moderador às 11:11. Marcadores , , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 11:11. Marcadores , , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Excesso de indicações inúteis, desrespeito e despreparo marcam atuação da Câmara em 2017 "

Leave a reply

Rádio Vitrine Santa Luzia

Clique para Anunciar