Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Dia de paralisação tem serviços fechados e protestos em BH e região metropolitana

Metrô não circula na capital mineira e escolas estão fechadas. Em Betim, manifestantes fecharam parte da BR-381.

 A quarta-feira é marcada por paralisações e protestos contra a reforma da Previdência Social em todo o país. Em Belo Horizonte, o metrô não circula e postos de saúde estão fechados. As escolas também não funcionam hoje. Uma manifestação está marcada para esta manhã na Praça da Estação, Centro da capital, e haverá passeata, o que pode impactar o trânsito. Cerca de 400 pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST protestam na BR-381, na descida da Petrobras, em Betim. O trânsito ficou parado no sentido Betim, com reflexos até o Bairro Amazonas, mas o trânsito já foi liberado.

A BR-262 registra três pontos de interdição nesta manhã. Ativistas do MST interditam a pista no KM 578, em Campos Altos, no Alto do Paranaíba; no KM 116, em Manhuaçu, na Zona da Mata e no perímetro entre os quilômetros 50 e 51,  entre os municípios de Manhuaçu e Realeza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não há previsão para liberação do trânsito nos locais.

Outra rodovia com pontos de interdição é a BR-116. Segundo a PRF, manifestantes de movimentos sindicais rurais e da educação, fecham a via, nos dois sentidos, no KM 552, próximo ao município de Santa Bárbara do Leste.

Como antecipado pelo Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindmetro), os trens não circulam em BH hoje, mesmo com a liminar obtida pela CBTU junto ao Tribunal Regional do Trabalho determinando o funcionamento de “no mínimo 80% dos trens, no horário das 05h30 às 10h e das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira, e de, no mínimo 50% nos demais horários e dias da semana”. Por meio de nota, a Companhia informou que a decisão impõe multa de R$ 250 mil ao sindicato pelo descumprimento da liminar.

Já os ônibus operam normalmente. O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH) informou ontem que vai participar das atividades da data, mas não há paralisação marcada. Se houvesse algum protesto, será de forma espontânea, por parte dos trabalhadores.

 Com o metrô totalmente fechado nesta manhã, a população que usa o transporte sobre trilhos teve que mudar a estratégia para não perder o dia de trabalho. Na Estação São Gabriel, o casal Júnior Nunes, de 30 anos, e Daiane Nunes, de 26, precisou recorrer ao Move municipal. "Viemos de Santa Luzia com o Move Metropolitano e pegaríamos o metrô. Eu para a Gameleira e ela para Santa Tereza. Agora teremos que pegar mais dois ônibus", diz Júnior. As soldados da Polícia Militar Marina Alves e Aline Soares estão encarregadas de policiar a estação nesta manhã e já atenderam mais de 50 pessoas perguntando qual ônibus pegar sem o metrô. "A maioria sabia que o metrô ia parar, mas não sabe qual ônibus pegar", afirma a soldado Aline.

 O auxiliar de serviços gerais Silvestre Elias de Moura, de 49 anos, disse ter sido surpreendido com a paralisação do metrô e teve que recorrer ao Move para chegar no Barro Preto, mas calcula que vai atrasar mais de uma hora para chegar no serviço. "Vim do Bairro Vista do Sol para a estação e pegaria o metrô para descer no Carlos Prates. Agora, vou pegar um ônibus para o Centro e caminhar o dobro. Tive que ligar e avisar que vou atrasar", afirma.

Professores de grandes escolas da rede particular anunciam que também cruzaram os braços contra a reforma da Previdência  As redes estadual e municipal de educação decretaram paralisação e greve geral. Complemente sua aposentadoria: compare investimentos e dependa menos da previdência social – Patrocinado

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), Israel Arimar, informou que ainda não há um balanço dos serviços afetados pela paralisação. “Nossa previsão é de que os postos (de saúde) estarão fechados ou com a presença mínima de trabalhadores. Nas Upas e no Hospital Odilon Behrens, a gente mantém pelo menos 30% funcionando”, explicou.

Mais Informações

Postado por Moderador às 12:14. Marcadores , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 12:14. Marcadores , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Dia de paralisação tem serviços fechados e protestos em BH e região metropolitana"

Leave a reply

ajude o Vitrine

New