Header Ads

  • Últimas

    Correios estreiam operadora de celular e oferecem plano com WhatsApp grátis



    Os Correios anunciaram nesta segunda-feira, 6, o início de sua atividade como operadora de telefonia celular móvel. Após vários anos para tirar o projeto do papel, a estatal divulgou o que tem a oferecer para usuários em comparação com as operadoras mais tradicionais.
    Por enquanto, a empresa oferece apenas um plano pré-pago. Pagando R$ 30, o usuário tem direito a 30 dias de internet. O pacote inclui 1 GB de internet, mas, ao fim da franquia, a empresa diz que não cortará completamente a conexão do usuário e vai apenas reduzir a velocidade. As velocidades podem chegar a até 5 Mbps no 4G, mas, quando o usuário estourar a franquia, as taxas de transferências caem para 32 Kbps.


    O pacote também traz algumas outras vantagens interessantes, entre as quais está o uso grátis do WhatsApp, inclusive para realização de chamadas de voz. Além disso, os Correios prometem que, se o usuário renovar o pacote dentro de um prazo, os benefícios não usados de um mês se acumulam para o próximo. Ou seja: em teoria, se usou só 500 MB do seu pacote de 1 GB, você deve ter 1,5 GB de internet no mês seguinte.
    Para finalizar, a estatal ainda promete 100 minutos de chamadas para qualquer celular ou telefone fixo de qualquer DDD.
    Por enquanto, o Correios Celular está disponível apenas em São Paulo, e os usuários já podem retirar chips em algumas unidades espalhadas pela cidade. A empresa promete que o serviço deve ser expandido para o resto do Brasil, e que até setembro de 2017 estará disponível para 90% da população.

    O que é a Correios Celular?
    O plano da estatal vem de longa data. O primeiro registro de que os Correios tinham o interesse em tornar-se uma operadora móvel virtual (a famosa MVNO) é de 2014, com a autorização do Ministério das Comunicações para que a empresa começasse a operar dessa forma. A proposta é aproveitar a força da marca dos Correios para alcançar 1 milhão de usuários até o fim do ano.
    Como MVNO, os Correios não terão infraestrutura própria. A estatal fechou acordo com a empresa EUTV, também conhecida pelo nome fantasia Surf Telecom, para prestação do serviço. Curiosamente, a Surf também é uma MVNO, que usa a infraestrutura da TIM para operar nacionalmente.
    Os Correios prometem simplicidade e clareza na forma como prestam seu serviço. Uma pesquisa da empresa diz que a maioria do público não confia nas companhias, e que não vê clareza sobre como seus créditos são gastos. O objetivo é deixar muito claro quantos gigabytes de dados, quantos minutos de chamadas e quantas mensagens SMS estão inclusas no plano contratado. A empresa também aposta em sua marca, vista como uma das instituições mais confiáveis do Brasil, ao lado da família e do Corpo de Bombeiros, de acordo com Ara Minassian, coordenador do projeto.

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Post Bottom Ad

    Rádio Vitrine Santa Luzia