Header Ads

  • Últimas

    Presos armados rendem funcionários e fogem da Apac em Santa Luzia




    Dois homens que cumpriam pena na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, renderam funcionários responsáveis pela segurança e fugiram nesta segunda-feira (6), segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), órgão que administra o local.

    Um dos fugitivos estava no local há três anos. O outro já havia cumprido três meses de pena. De acordo com o TJMG, os dois estavam armados. A Apac investiga como os recuperandos tiveram acesso às armas.

    A juíza da Vara de Excuções Penais da comarca, Arlete Coura, já expediu dois mandados de recaptura dos presos. Após a prisão dos mesmos, eles voltam para a o sistema prisional comum, segundo o TJMG.

    A Apac de Santa Luzia tem capacidade para 140 presos. Um deles é o goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte de Eliza Samudio. Ele está no local desde setembro de 2015.

    São 39 unidades da Apac em funcionamento no estado. Estima-se que a reincidência entre os egressos gira em torno de 15%, enquanto que os oriundos do sistema comum alcançam o percentual de 70%.


    Fonte: G1

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad

    Info Drive