Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Asfalto? Só no ano que vem, diz a Prefeita de Santa Luzia

A Prefeita de Santa Luzia, Roseli Pimentel, divulgou na manhã desta Quinta-feira um comentário em sua conta oficial no Facebook respondendo a dúvidas de seus seguidores. Uma destas dúvidas e que tornou-se um inferno para o luziense, é o verdadeiro "Queijo suiço" que tornou-se a cidade depois que o secretário de obras, Alessandro Wnuck, foi detido pela polícia acusado de participação na Máfia do Lixo (Esquema que fraudou licitações no serviço de coleta de lixo. Estima-se que o rombo nos cofres da cidade tenha chegado a R$ 40 milhões). 

Desde  a saída do secretário as obras simplesmente pararam. As que ficaram por inaugurar apresentaram problemas (como foi o caso da nova ponte) e sem manutenção, as ruas de santa luzia pipocaram buracos. Na Avenida Brasília, por exemplo, existem pelo menos duas enormes crateras.

Justificativa injusta

No comentário emitido pela Prefeita, a justificativa é de que o "Asfalto colocado sairia na primeira chuva. Se ficarmos repondo asfalto sem eficácia estaremos desperdiçando o dinheiro de todos nós contribuintes". 

Luzienses contradizem a afirmação da Prefeita dizendo que se não fosse aplicado um asfalto tão "vagabundo" e o serviço de reparos não fosse "tão ineficiente" não haveria necessidade de manutenção com tanta frequência (Prefeitura recapeou vários trechos há poucos meses. Trechos que já estão repletos de buracos). 

Temos observado que o serviço de reparo e asfaltamento é feito de "qualquer maneira" em Santa Luzia e desta forma o asfalto não fixa no solo e os buracos aparecem com mais frequência. Falta um técnico com capacidade de gerir este processo, porque nesta gestão o serviço esta repleto de falhas e as publicações em redes socais (da qualidade do asfalto) são prova disto.

Segundo o engenheiro Dickran Berberian, professor da Universidade de Brasília (UnB) e especialista em geotecnia e patologia de estruturas, "A espinha dorsal do pavimento é o solo compactado, ou seja, o que está abaixo do revestimento asfáltico". De acordo com Berberian, o primeiro passo para uma boa pavimentação é limpar o terreno natural, o chamado subleito, e preparar o solo. Caso ele seja mole, é preciso acrescentar uma boa quantidade de solo de boa qualidade. Por cima deve ir uma camada de 20 a 40 centímetros, chamada de sub-base, formada por cascalho e pedregulhos. E, acima disso, vai mais uma camada de 20 a 40 centímetros desse mesmo material, só que mais bem compactado. Somente então é que a via recebe o revestimento de asfalto, que deve ter de 3 a 15 centímetros de espessura.

Outro detalhe importante é o sistema de drenagem --em geral o centro da via é mais alto que as laterais, para evitar que a chuva forme um lago. Esta, aliás, é a principal função do asfalto, chamado oficialmente de cimento asfáltico de petróleo: atuar como impermeabilizante, já que a água é o inimigo número um da pavimentação.

O peso e a quantidade de veículos que vão trafegar no local fazem toda a diferença, e nem sempre as camadas são espessas e compactadas o bastante para a demanda. Ou seja: se a base e a sub-base não estiverem adequadas, não adianta tapar o buraco no asfalto, pois ele voltará a se abrir em um ou dois anos.

Nas ruas mal pavimentadas, as trincas aparecem logo e exigem manutenção imediata. Como o problema é negligenciado, ou as equipes não dão conta dos reparos, a água da chuva logo atinge as camadas inferiores, provocando uma depressão. Daí para surgir uma cratera na via é rápido: basta uma nova tempestade.

O professor da UnB observa que o país tem tudo o que é preciso para uma boa pavimentação: solo propício, bons técnicos e asfalto de boa qualidade, uma vez que o betume deriva do petróleo. "O que falta é vergonha", alfineta Berberian. Mas pavimentar direito não é caro? "É caro para um país pobre, não para um país rico como o Brasil."

Solução

Segundo a Prefeita a solução ficará para o ano que vem, já que na sua avaliação, o Asfalto (de péssima qualidade aplicado pela prefeitura) iria ser destruído pelas chuvas, mesmo que fosse apenas reparos estruturais. Pra mim, papo furado usado por político para justificar que o dinheiro acabou e precisa "colocar as contas em dia" antes de pensar na correção das cagadas deixadas na gestão passada.

Mais Informações

Postado por Moderador às 11:36. Marcadores , , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 11:36. Marcadores , , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Asfalto? Só no ano que vem, diz a Prefeita de Santa Luzia"

Leave a reply

"

INFO DRIVE

Rádio Vitrine Santa Luzia

Publicidade