Header Ads

  • Últimas

    Atenção Mochileiros: Empresa cria Gerador compacto de energia hidrelétrica pode ser usado em córregos e rios

    O problema de carregar seu celular, notebook, tablet ou qualquer outro dispositivo em ambientes externos pode acabar com a invenção do Estream - charger bank que gera energia por uma turbina debaixo d' água

    Estar em contato direto com a natureza sempre nos traz experiências ótimas. Mas às vezes é importante ter alguma conexão com dispositivos eletrônicos para facilitar a viagem. Só que, se nossos aparelhos eletrônicos não podem ser recarregados em grande parte de ambientes ao ar livre, como manter contato com a "civlização"? A empresa sul-coreana Enomad pensou em uma solução prática e sustentável para isso.

    Estream é um dispositivo hidrelétrico portátil que converte água corrente em energia que poderá ser usada para carregar os mais diversos dispositivos pela entrada USB. É do tamanho de uma garrafa d’água e pesa menos de um quilo; pode carregar até três celulares e, segundo a empresa, a carga é feita duas vezes mais rapidamente do que em dispositivos tradicionais. Basta emergir o aparelho em água corrente e deixar a turbina girar, criando energia - o item demora entre quatro e cinco horas para ser carregado completamente.

    Diferentemente dos carregadores que funcionam a energia solar, não é possível carregar os dispositivos ao mesmo tempo em que o Estream está gerando energia, mas como ele também não é dependente da luz solar, é possível deixar o carregador na água durante a noite e, ao acordar, você terá um power bank totalmente carregado.

    O Estream também pode servir como lanterna se você conseguir fazer com que ela chegue ao fim do dia com energia. A lanterna tem dois níveis de intensidade e funciona embaixo d’água, podendo ser usada como sinalizador também. O único problema é que as baterias de dentro da Estream, assim como boa parte das baterias recarregáveis, têm dificuldades de funcionar em temperaturas muito baixas, a faixa ideal é entre -5°C e 40°C, mas a empresa está investindo para que a bateria possa ser usada numa maior variedade de ambientes, como o Alaska e o Caribe.

    Veja esse vídeo, em inglês, apresentando o projeto para saber mais.


    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine