Header Ads

  • Últimas

    Saiba o que fez o ex vereador Vagner Guiné, candidato a reeleição em Santa Luzia

    Vagner Guiné é candidato a vereador de Santa Luzia pelo PMDB na coligação DEMOCRACIA E PARTICIPAÇAO. O Político já foi eleito em 2008 para a gestão Gilberto e foi um dos presidentes da Câmara Municipal. Sua Postura como vereador, político e cidadão luziense é bastante controversa, visto que há diversas matérias em portais e jornais denunciando ações do político.


    Vagner Guiné era presidente da Câmara em 2012 quando autorizou o aumento de 61,8% dos salários do vereadores desta gestão. A cidade passava por uma crise politico/administrativa e a prefeitura e o sistema de saúde vivia um caos. O salário que era de R$ 6.192, havia passado para R$ 9,434 e a justificativa de Vagner Guiné chocou e revoltou tanto a imprensa, quanto a população da cidade. Segundo reportagem do Jornal da alterosa de 28 de fevereiro de 2012, o parlamentar afirmou que o valor ficou abaixo do que eles têm direito. "Temos direito de 50% do salário de um deputado estadual", e completa. "O vereador que trabalha, trabalha muito. Ele gasta gasolina, ele gasta tempo, ele tem que fazer o trabalho social lá fora. Então tem que ter salário". Outro artigo também foi postado no portal estado de minas sobre o tema (Lei aqui).

    O portal Uai divulgou uma reportagem em que o ex vereador era acusado suspeito de espancar a esposa. Veja a descrição do artigo abaixo:


    Vereador de Santa Luzia é suspeito de espancar a esposa
    Redação Aqui
    O vereador Vagner José Alves, conhecido como Vagner Guiné, de
    Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, eleito
    pelo PSDB, é o principal suspeito de espancar a mulher, Janaína
    Basília de Oliveira, de 30 anos, e a enteada, de 13, na madrugada
    de domingo.
    De acordo com militares do 35º Batalhão da Polícia Militar da
    cidade, Janaína conseguiu ajuda da PM por volta de 5h, apesar da
    agressão ter ocorrido à 1h. Ela contou aos policiais que o
    parlamentar deu mordidas e tapas em seu rosto e agrediu muito a
    menina. A adolescente contou que Vagner deu vários tapas na
    orelha dela e que sentia muita dor.
    Os militares informaram que há suspeita de perfuração em um dos
    tímpanos da garota. Depois da agressão, ele teria colocado as duas
    para fora de casa, no Bairro Kennedy, juntamente com a filha do
    casal, de um ano de idade. As vítimas foram atendidas na Pronto
    Atendimento de Santa Luzia e, até a tarde de domingo, a policia não tinha encontrado o vereador
    Em Outra Matéria datada de 22 de dezembro de 2009,  "VEREADORES DE SANTA LUZIA DESAFIAM A JUSTIÇA PARA RECEBER 13º SALÁRIO", Vagner foi um dos vereadores acionados pela Justiça para devolução do pagamento de 13º irregular (leia aqui).


    OBS.: Todos os artigos citados estão online disponíveis para a consulta na internet nos links informados na matéria.

    Um comentário:

    1. Anônimo12:53

      Esta sendo o Rei dos bois em sítios e bares, cavalgadas e cervejas pagas do próprio bolso ou do eleitor. Lamentável ainda existirem políticos e eleitores que se sujeitam a isso.

      ResponderExcluir

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine