Header Ads

  • Últimas

    Russia Intercepta avião militar dos EUA

    Na manobra, que durou 19 minutos, o caça russo se aproximou a cerca de três metros do avião americano, "o que é considerado perigoso e não profissional"



    Os Estados Unidos denunciaram, nesta quarta-feira (7), a interceptação "perigosa" de um avião de patrulha marítima americano por um caça russo no Mar Negro.

    Na manobra, que durou 19 minutos, o caça russo se aproximou a cerca de três metros do avião americano, "o que é considerado perigoso e não profissional", informou um funcionário americano da Defesa sob anonimato.

    O funcionário afirmou que um avião russo Su-27 voou a menos de 9 metros do P-8 Poseidon antissubmarino e de Inteligência no espaço aéreo internacional, antes de se aproximar ainda mais.

    "Durante a interceptação, que durou aproximadamente 19 minutos, o Su-27 manteve inicialmente a distância de nove metros até se aproximar a três metros do P-8, o que é considerado perigoso e não profissional", disse o funcionário.

    Já Moscou garantiu que a interceptação foi realizada "em estrito apego às regras internacionais", porque os aviões americanos tentavam averiguar no que consistiam as manobras do Exército russo.

    O funcionário disse que aviões e navios americanos interagem com embarcações russas na área, acrescentando que a maioria dos encontros foi realizada sem risco.

    "Contudo, temos profundas preocupações quando se trata de uma manobra perigosa", completou o funcionário.

    Em um comunicado, o Ministério russo da Defesa afirmou ter enviado caças Su-27 para controlar um avião americano P-8 Poseidon que por "duas vezes tentou se aproximar da fronteira russa sobre o Mar Negro sem ativar seu transponder (equipamento que emite sinal de identificação)".

    "Depois que os caças russos se aproximaram dos aviões espiões para uma confirmação visual e para constatar os números de matrícula, a aeronave americana mudou rapidamente de direção e se afastou", acrescentou o comunicado.

    "Os pilotos russos cumpriram estritamente as regras de voo internacionais", destacou o Ministério.

    Uma interceptaçao igualmente "perigosa" ocorreu em maio do ano passado no Mar Negro, quando um Su-27 russo interceptou um RC-135 americano de reconhecimento.

    Fonte: O Tempo

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine