Header Ads

  • Últimas

    Utilização de correntão é liberada para abertura de áreas florestais no Mato Grosso

    O uso do “correntão” havia sido banido em 2012 com a aprovação do novo código florestal. Mas, em julho deste ano, a prática passou a ser liberada para uso no desmatamento de algumas áreas do Mato Grosso. O implemento agrícola é composto por uma corrente de aço reforçada com elos de até 40 cm em que cada uma das extremidades é presa a um trator, que reboca a corrente e varre toda a vegetação que se encontra entre os dois tratores, numa espécie de arrastão.


    Apesar de liberada, a prática é nociva ao meio ambiente porque possibilita o desmatamento de grandes áreas de vegetação sem que seja verificado o que está sendo desmatado. Com isso, plantas típicas brasileiras que estejam em processo de extinção podem ser arrastados no meio do caminho “por engano”. Animais que vivam entre a vegetação também podem sofrer com a técnica, chegando inclusive à morte.



    Há ainda a questão social, pois famílias de povos originários que dependem destes recursos naturais para sua subsistência acabam sendo afetadas pelo desmatamento de grandes áreas em pouco tempo. Se não bastasse, os agropecuaristas sequer precisam de autorização formal dos órgãos controladores para fazer uso do correntão. Com isso, estima-se que os danos causados pela técnica só irão aumentar.

    Fonte

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    ads

    Post Bottom Ad

    Info Drive