Header Ads

  • Últimas

    Prefeitura não cumpre palavra e funcionários de empresa fraudulenta ficam desempregados

    Prefeitura não cumpre palavra e funcionários de empresa fraudulenta ficam desempregados. Na Manhã desta Terça-feira, vários funcionários da Cooptral, empresa denunciada na Operação Limpeza, receberam a notícia de que seus serviços não seriam mais necessários. 


    Caminhoneiros se reuniram em uma das principais vias da cidade e esperaram uma posição da Prefeitura frente à promessa feita pela Prefeita da cidade, em entrevista à Rede Nossa de que iria reaproveitar funcionários da Cooptral na coleta de lixo que será realizada pela Cooptur, a nova empresa contratada para a realização do serviço em Santa Luzia.

    Segundo informações de leitores do vitrine, cerca de 150 funcionários foram demitidos pela Cooptral, que pertence aos irmãos teco que foram presos, acusados de fraudar licitações na execução do serviço na cidade. Durante a entrevista a Prefeita afirmou que os funcionários da Empresa poderiam ficar tranquilos que iria reaproveita-los no serviço de coleta, o que ao que parece não aconteceu.

    Mostramos com exclusividade na manhã desta terça-feira os caminhões chegando na prefeitura para começarem o serviço de coleta pela cidade. Responsáveis pela Cooptur deram entrevistas aos canais de comunicação se responsabilizando a fazer um serviço de qualidade em Santa Luzia e o responsável pelo setor de licitações afirmou que o contrato além de transparente é o mais "barato" possível.


    Indagada sobre o serviço de coleta e a demissão de funcionários da Cooptral, a Prefeita disse que a empresa contratada pela Prefeitura "já vinha com seus funcionários. A prefeitura não entra na escolha de funcionários terceirizados, eles são escolhidos pelos donos destas prestadoras de serviço".


    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    ads

    Post Bottom Ad

    Info Drive