Header Ads

  • Últimas

    Motoboy cria serviço personalizado de caçador de pokémons

    O jogo Pokémon Go acabou de chegar ao Brasil e, claro, já caiu nas graças do espírito empreendedor do brasileiro. Desempregado há um mês, o motoboy cearense Denis Paz, de 32 anos, decidiu criar um serviço de caçador de pokémons com sua “pokémoto”.



    Segundo o empreendedor, o serviço de pokémoto funcionará da seguinte maneira: o jogador liga para ele e agenda um horário. Depois, ele pega a pessoa no local combinado e leva até um local seguro para caçar os monstrinhos.
    — Fixei o preço de R$ 25 a hora. Vou buscar a pessoa e levar em um local seguro como shopping ou praias, um local que tenha policiamento. Acho que na Avenida Beira Mar vai ser um bom lugar porque é turístico. Recebi muitas ligações e ainda nem consegui pegar o primeiro cliente de tanta gente que estou respondendo — disse.
    Casado e pai de dois filhos, Denis espera pagar as contas do mês com o serviço. O motoboy diz que estará disponível apenas para adolescentes e adultos, e que vai priorizar locais seguros para que ninguém tenha o celular roubado enquanto pega os pokémons.
    Fã do desenho, ele baixou o jogo nesta quarta-feira à noite, mas ainda nem teve tempo de jogar porque o serviço dele já está fazendo sucesso. Denis fez a divulgação nas redes sociais e tem recebido mensagens até de outros profissionais em busca de parcerias:
    — Outros motoqueiros também querem que a gente faça uma parceria e use um uniforme especial —afirmou o motoboy que, inicialmente, ficou receoso de divulgar o trabalho, mas agora está comemorando o sucesso.
    — Fiquei com vergonha de postar nos grupos, mas agora todo mundo está adorando e estou precisando de dinheiro — destacou.

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Post Bottom Ad

    Rádio Vitrine Santa Luzia