Header Ads

  • Últimas

    Vídeo mostra homem com camisa da polícia atirando contra família no Rio de Janeiro

    Agentes fazem perícia em carro que pode ter sido usado pelos criminosos. Imagens são fortes.

    Imagens mostram o ataque de criminosos contra uma família no estacionamento de um shopping em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, nesta quarta (6). Nas imagens, um homem usando uma camiseta da Polícia Civil aparece atirando contra as vítimas. Investigadores confirmaram que a Delegacia de Homicídio da Baixada Fluminense analisa o vídeo. As imagens, abaixo, são fortes.



    Denivaldo Silva, de 41 anos, e que dirigia o carro, morreu no local, e a mulher dele, identificada como Andreia, 30 anos, foi levada para o Hospital Adão Pereira Nunes. Na manhã desta quinta, agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense realizavam a perícia em um carro roubado que pode ter sido utilizado pelos criminosos.

    O crime aconteceu na noite desta quarta (6) e foi cometido na frente do filho do casal, que tinha ido ao cinema com os pais. Segundo parentes, Denivaldo trabalhava como segurança e a polícia não descarta a possibilidade de execução. O filho do casal estava no banco de trás do carro e viu tudo o que aconteceu. A criança não se feriu.

    Em um vídeo que circula pelas redes sociais, dá pra ver o momento em que algumas pessoas tentam socorrer a mulher baleada.

     

        Distintivo falso em carro

    Policiais da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense estiveram no local, ouviram testemunhas e o filho do casal. Agora, eles buscam imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar. Um carro roubado que pode ter sido usado no crime também era periciado na manhã desta quinta-feira (7). Um distintivo falso da polícia dentro do carro.
    Um homem de 52 anos foi até a delegacia especializada e afirmou que tinha sido roubado horas antes do episódio. Ele chegava em casa no bairro de Santa Cruz da Serra quando foi abordado por um criminoso.
    "Eu estava chegando próximo ao local onde eu moro e a gente se deparou com um tiroteiro entre rivais lá. Eu me joguei dentro do carro e esperei uma oportunidade de sair de dentro do carro. Quando consegui sair, alguém me abordou de pistola em cima e pediu a chave do carro. Eu entreguei a chave, entraram dentro do carro e saíram em fuga. Daí pra lá, já não vi mais o carro. Só aguardamos acalmar o problema e fomos para nossas casas", disse.
    Ao G1, o homem afirmou ainda que a ação dos criminosos foi rápida e que a ação já tinha terminado quando a polícia chegou.
    "O tiroteio demorou um tempinho legal, teve bastante tiro entre eles. Mais à frente eles foram correndo atrás de um pessoal e teve mais tiroteio. Depois o rapaz tomou o meu carro e não tive mais acesso. Quando a polícia chegou lá, já não tinha mais ninguém", afirmou.

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine