Header Ads

  • Últimas

    Mulher memoriza placa de carro e estuprador é preso em Santa Luzia

    A agilidade e a boa memória da suposta vítima levaram à prisão de um suspeito de estupro na cidade de Santa Luzia. Uma mulher, que alega ter sido vítima de violência sexual, memorizou as letras e números de placa de carro do acusado, que foi preso por policiais militares.

    O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21), na cidade de Santa Luzia. O homem, de 28 anos, não teve a identidade revelada e negou o crime, segundo informações da Polícia Civil.

    Conforme o boletim de ocorrência, a mulher, de 31 anos, disse ter sido abordada pelo homem após ter desembargado em terminal de ônibus da cidade. Ela contou ter trabalhado, durante a noite da quarta-feira (20), em um dos bares do estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, local onde ocorreu jogo entre Cruzeiro e Vitória pela Copa do Brasil.

    De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, a mulher contou que o acusado teria oferecido uma carona ao final de sua jornada de trabalho. Ela recusou. Em seguida, quando caminhava por uma rua, notou que ele a seguia de carro.

    Quando já haviam se distanciado do terminal, ele desceu do veículo e a segurou pelos cabelos, simulando ainda estar armado, com a mão debaixo da camisa, próximo à cintura. A mulher disse então ter sido obrigada a entrar no carro.

    Carona até em casa
    O boletim de ocorrência traz ainda a versão de que o suspeito, após ter cometido o estupro, ofereceu-se para levá-la até em casa. A mulher recusou e conseguiu sair do carro. Neste momento, teria memorizado os dados das placas do veículo. Após ele ter deixado o local, a moça acionou a polícia, que a levou para um hospital onde ela passou por exames.

    Os PMs, de posse dos dados das placas, afirmaram ter localizado o endereço do suspeito, que foi detido em casa. Ao ser confrontado com as acusações, ele negou ter cometido o crime.

    A PM não revelou a localização do imóvel onde ele foi detido, mas informou que, dentro do carro estacionado na garagem da residência, os policiais encontraram uma bolsa feminina e um aparelho celular.

    Mais casos
    Em Santa Luzia, foram registrados outros dois casos de estupro, segundo a Polícia Civil. Após um levantamento das características dos ataques, os policiais não descartam que o suspeito detido possa ser o autor dos crimes.

    A tese foi reforçada depois que as duas vítimas, de 19 e 27 anos, reconheceram o suspeito detido nesta quinta-feira (21), após terem sido levadas à delegacia onde ele ficou detido. A bolsa encontrada no veículo do homem seria da mulher de 27 anos.

    Aos policiais que o detiveram, o suspeito contou ter mantido relações sexuais, mas de maneira consensual, com as duas mulheres, e negou ter estuprado a moça que conseguiu memorizar a placa.

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Post Bottom Ad

    Rádio Vitrine Santa Luzia