Header Ads

  • Últimas

    Mulher memoriza placa de carro e estuprador é preso em Santa Luzia

    A agilidade e a boa memória da suposta vítima levaram à prisão de um suspeito de estupro na cidade de Santa Luzia. Uma mulher, que alega ter sido vítima de violência sexual, memorizou as letras e números de placa de carro do acusado, que foi preso por policiais militares.

    O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21), na cidade de Santa Luzia. O homem, de 28 anos, não teve a identidade revelada e negou o crime, segundo informações da Polícia Civil.

    Conforme o boletim de ocorrência, a mulher, de 31 anos, disse ter sido abordada pelo homem após ter desembargado em terminal de ônibus da cidade. Ela contou ter trabalhado, durante a noite da quarta-feira (20), em um dos bares do estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, local onde ocorreu jogo entre Cruzeiro e Vitória pela Copa do Brasil.

    De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, a mulher contou que o acusado teria oferecido uma carona ao final de sua jornada de trabalho. Ela recusou. Em seguida, quando caminhava por uma rua, notou que ele a seguia de carro.

    Quando já haviam se distanciado do terminal, ele desceu do veículo e a segurou pelos cabelos, simulando ainda estar armado, com a mão debaixo da camisa, próximo à cintura. A mulher disse então ter sido obrigada a entrar no carro.

    Carona até em casa
    O boletim de ocorrência traz ainda a versão de que o suspeito, após ter cometido o estupro, ofereceu-se para levá-la até em casa. A mulher recusou e conseguiu sair do carro. Neste momento, teria memorizado os dados das placas do veículo. Após ele ter deixado o local, a moça acionou a polícia, que a levou para um hospital onde ela passou por exames.

    Os PMs, de posse dos dados das placas, afirmaram ter localizado o endereço do suspeito, que foi detido em casa. Ao ser confrontado com as acusações, ele negou ter cometido o crime.

    A PM não revelou a localização do imóvel onde ele foi detido, mas informou que, dentro do carro estacionado na garagem da residência, os policiais encontraram uma bolsa feminina e um aparelho celular.

    Mais casos
    Em Santa Luzia, foram registrados outros dois casos de estupro, segundo a Polícia Civil. Após um levantamento das características dos ataques, os policiais não descartam que o suspeito detido possa ser o autor dos crimes.

    A tese foi reforçada depois que as duas vítimas, de 19 e 27 anos, reconheceram o suspeito detido nesta quinta-feira (21), após terem sido levadas à delegacia onde ele ficou detido. A bolsa encontrada no veículo do homem seria da mulher de 27 anos.

    Aos policiais que o detiveram, o suspeito contou ter mantido relações sexuais, mas de maneira consensual, com as duas mulheres, e negou ter estuprado a moça que conseguiu memorizar a placa.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    ads

    Post Bottom Ad

    Info Drive