Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Conheça toda a Verdade por trás de demissão de Servidor da Prefeitura

A Declaração feita pela Professora Arlene,  ex servidora da Prefeitura de Santa Luzia deu bastante repercussão nas redes sociais da cidade na última terça-feira 12. Como todo artigo relacionado a denúncias contra a gestão pública, o vídeo Viralizou rapidamente através de grupos políticos e expôs uma nova estratégia de ataque politico: "Montagem de vídeos virais no Facebook".


Alguns fatos me chamaram a atenção no vídeo publicado por Arlene e replicado em vários grupos políticos e perfis de desafetos políticos de Roseli, Prefeita da cidade de Santa Luzia. O primeiro foi a preparação do Vídeo, as Pausas e o pano de fundo. Tudo muito bem preparado e bem editado, fato incomum para vídeos de denúncias. Outro fato bastante relevante é a inclinação política de Arlene: #Fechadocomdelegado, foi uma das publicações que a professora mantém em seu perfil pessoal no Facebook. Além dela o marido também compartilhou a imagem e um emblema do PCdoB.





Tais atitudes nos faz levantar a hipótese de que a família de Arlene esteja #fechadacomodelegado. Este fato não é justificativa para demissão, porém TODOS os prefeitos que passaram pela cidade em suas respectivas gestões procederam da mesma maneira: Demitiram quem fazia propaganda evidente para candidatos da oposição. O que, repito, não é uma atitude bacana e democrática, mas que é aplicada em todo o país.


Outro Fato Curioso é a declaração de que Arlene seja Concursada e ter sido demitida sem motivo aparente (demitida à toa). Quanto a primeira afirmação "Ser concursada", não tem muito a ver com o cargo em questão: Professora de UMEI na cidade, visto que nenhuma das profissionais que atuam nas unidades são CONCURSADAS, todas atuam por contrato (nomeação). Esta informação pode ser confirmada no site da Prefeitura de Santa Luzia. Segundo uma das conhecidas de Arlene, ela estava ainda no "estágio probatório", ou seja, em período de experiência. Neste caso a prefeitura avalia o desempenho do Funcionário e se ele não for satisfatório o mesmo é demitido. Arlene argumenta que o motivo foi político, a prefeitura que ela não cumpriu os pré requisitos para permanecer no cargo.


Apesar do assunto ser pessoal, nos comentários Arlene contou com a "Solidariedade" da Vereadora da Oposição e do PT Suzane Duarte Almada, que ALERTA, deixou um recado no perfil da professora.

Arlene é tida como uma grande profissional pelos colegas de profissão e por ex professores. Talvez o fato de declarar apoio ao candidato da Oposição Dr Christiano tenha pesado em sua demissão.

Segundo apuramos, O filho de Arlene citado pela mesma no Vídeo, é um dos responsáveis por compartilhar uma montagem em que a prefeita aparece representada por uma leitoa e imagens de vários políticos da cidade mamando nela. A imagem foi retirada de uma das últimas edições do Tablóide político do Pré candidato a Vereador Rouxinho de Teco, irmão do Vereador que é acusado de corrupção na Operação Limpeza de Olhos. Rouxinho foi detido na última semana acusado de agredir funcionário público em exercício da função e conduzido à delegacia da cidade (releia aqui a matéria).


O Compartilhamento da imagem e a divulgação do tablóide causou bastante mal estar dentro da prefeitura. Além do Crime de injúria, calúnia e difamação de uma figura pública e de pessoas físicas, a montagem pode gerar ao Tablóide que mal Nasceu, vários processos na esfera cívil e até a extinção da publicação, uma vez que o mesmo tem utilizado suas páginas não de forma "IMPARCIAL" como prega, mas para ataques gratuitos à Gestão pública. A imagem fala por sí só, não há imparcialidade em uma publicação como esta.

Crimes contra a honra de uma pessoa podem ser denunciados (no caso do ente público) através do Ministério Público por uma petição denominada denúncia. Para que isso ocorra, porém, a vítima da ofensa deve comunicar ao Ministério Público ou à polícia a intenção de que o ofensor seja processado. Isso é o que se chama representação. Na lei o responsável por esta injúria direta ou indiretamente pode ser responsabilizado pelo Dolo, de forma que a mãe do agressor (se estiver diretamente ligada à ofensa) também possa ser responsabilizada pelo ato, mesmo que indiretamente. Desta forma já haveria motivo para sua demissão ou não renovação do contrato como professora, já que uma ação direta ou indireta tenha causado prejuízo à Imagem do Prefeito, no caso patrão direto de Arlene. Nesta linha de pensamento (na esfera jurídica), a Professora não foi demitida sem motivo ou por retaliação, mas por estar prejudicando direto ou indiretamente a imagem da Corporação, no caso a Prefeitura através da pessoa da prefeita. Isto tudo, cabe ao MP apurar e dar a sentença, caso, óbvio que exista alguma denúncia por parte da Prefeita, figura atingida diretamente.


Segundo declaração de Arlene no vídeo, no último dia 21 ela foi convocada a ir na prefeitura e informada que seria exonerada do cargo de professora da UMEI. Arlene disse que ao adentar o gabinete da prefeita, Roseli afirmou que ela era apenas uma simples professora contratada. Disse ainda que a prefeita já tinha 30 anos de prefeitura e que ela não a conhecia. Arlene revelou ainda que a Roseli a coagiu dizendo que ela deveria tomar providências frente aos prejuízos políticos que estava sofrendo frente ao candidato da oposição, No caso Dr Christiano Xavier.

Arlene afirmou no vídeo que desconhecia o tal (CANDIDATO) mesmo tendo em seu perfil pessoal no Facebook uma imagem compartilhada com a Tag #fechadocomodelegado

A professora ainda disse que ficou revoltada e surpresa com a atitude visto que não havia motivo algum técnico e profissional para sua demissão.

Arlene afirma que há descontrole da Prefeita em relação à situação política que ela vem vivenciando na cidade. Após esta revelação o vídeo é editado e Arlene diz que é uma mãe trabalhadeira, esforçada, é "concursada" e fez o processo seletivo. Arlene ainda chega a afirmar que se sente preocupada sobre a integridade física de seus filhos e familiares devido a situação de coação e opressão por parte do ente público.

Ficou evidente através do vídeo (muito bem gravado por sinal) que Arlene não quer deixar sua demissão ficar barato. Deixou claro ser vítima de perseguição política por apoiar PUBLICAMENTE o principal candidato da oposição e que sua demissão foi injusta e baseada em retaliação.

Como citamos acima, a posição política de Arlene talvez tenha sido o estopim para sua demissão, mesmo que ela seja um bom profissional. Declarar abertamente que apoia o candidato da oposição e ter um parente que compartilha opiniões e material ilegal nas redes sociais, podem ser motivo mais do que suficientes para sua demissão, mesmo que sua participação nas ações não seja direta. Como Arlene afirmou no vídeo, a Prefeita expôs a gravidade das acusações que estavam sendo compartilhadas por parentes de Arlene nas redes sociais e como aquilo atingia diretamente sua figura pública. Talvez revoltada com a situação Arlene tenha respondido à altura a prefeita o que tenha causado a sua demissão.


Veja abaixo o vídeo de Arlene compartilhado nas redes Sociais:


Mais Informações

Postado por Moderador às 14:54. Marcadores , , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 14:54. Marcadores , , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Conheça toda a Verdade por trás de demissão de Servidor da Prefeitura"

Leave a reply

INFO DRIVE

Rádio Vitrine Santa Luzia

Publicidade