Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Veja o polêmico vídeo do casamento bancado com a Lei Rouanet

A festa de casamento era de Carolina Monteiro e Felipe Amorim e teve como atração a apresentação de um cantor sertanejo. 




A Polícia Federal prendeu 14 pessoas na manhã desta terça-feira, 28, em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro, durante operação que investiga o desvio de 180 milhões de recursos federais em projetos culturais com benefícios de isenção fiscal previstos na Lei Rouanet.

Segundo as investigações da Operação Boca Livre, o Grupo Bellini Cultural atuou por quase 20 anos no Ministério da Cultura e conseguiu aprovação em projetos fraudulentos. Também são citados o escritório de advocacia Demarest e as empresas Scania, Kpmg, Roldão, Intermédica, Laboratório Cristalia, Lojas Cem, Cecil e Nycomed Produtos Farmacêuticos.

Os donos da produtora Bellini Cultural e o produtor cultural Fábio Ralston estão entre os presos encaminhados para a sede da Polícia Federal de São Paulo.


De acordo com a PF, diversos projetos teatrais voltados para crianças carentes deixaram de ser executados, assim como livros não foram doados para escolas e bibliotecas públicas.

Os suspeitos usaram o dinheiro público para fazer shows com artistas famosos em festas privadas para grandes empresas, livros institucionais e até a festa de casamento de um dos investigados numa praia badalada de Florianópolis, Santa Catarina.

A festa de casamento era de Carolina Monteiro e Felipe Amorim e teve como atração a apresentação de um cantor sertanejo. Veja imagens na reportagem exibida nesta terça-feira pelo Jornal Hoje.

Além das 14 prisões temporárias, 124 policiais federais cumpriram 37 mandados de busca e apreensão, em sete cidades no estado de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.  O inquérito policial foi instaurado em 2014, após a PF receber documentação da Controladoria Geral da União de desvio de recursos relacionados a projetos aprovados com o benefício.

Saiba o que é a Lei Rouanet

Criada em 1991, a Lei de Incentivo à Cultura, mais conhecida como a Lei Rouanet, é conhecida por sua política de incentivos fiscais para projetos e ações culturais: por meio dela, cidadãos (pessoa física) e empresas (pessoa jurídica) podem aplicar nestes fins parte de seu Imposto de Renda devido. Atualmente, mais de 3 mil projetos são apoiados a cada ano por meio desse mecanismo.


A Lei Rouanet (8.313/91) institui o Pronac  (Programa Nacional de Apoio à Cultura), que tem o objetivo de apoiar e direcionar recursos para investimentos em projetos culturais. Os produtos e serviços que resultarem desse benefício serão de exibição, utilização e circulação públicas.

Mais Informações

Postado por Moderador às 17:45. Marcadores , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 17:45. Marcadores , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Veja o polêmico vídeo do casamento bancado com a Lei Rouanet"

Leave a reply

INFO DRIVE

Rádio Vitrine Santa Luzia

Publicidade