Header Ads

  • Últimas

    Polícia civil identificou homem acusado de racismo contra a cantora Ludmilla



    A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou, nesta segunda-feira (23), o homem que postou comentários racistas no perfil mantido pela cantora Ludmilla no Instagram. A artista, que  foi atração do quatro Truque Vip no Domingão do Faustão, compartilhou com os fãs fotos que mostram os xingamentos emitidos por um usuário identificado como Helder Santos: "Odeio esse criola. Nojenta. A feiosa se acha putzzz", diz postagem. O rapaz escreveu "odeio essa criola nojenta" e "A feiosa se acha putzzz feia pra c...".

    O dono do perfil, que já foi excluído, é um homem de 31 anos, que mora no Rio de Janeiro e já respondeu a uma acusação por tentativa de homicídio. Ele será convocado para prestar depoimento nos próximos dias.



    Desde que viu os comentários racistas, Ludmilla tem lançado repostas nas redes sociais: "Já não é a primeira vez que você comete esse crime comigo na internet. Agora é questão de honra, eu vou até o final para ver você pagar por isso!". Outras pessoas também criticaram a conduta do rapaz, que  pediu desculpas e classificou o caso como um "mal entendido". A funkeira registrou o ocorrido na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), em Benfica (zona norte do Rio), na tarde desta segunda-feira (23).

    Nenhum comentário

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine