Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Polícia civil identificou homem acusado de racismo contra a cantora Ludmilla



A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou, nesta segunda-feira (23), o homem que postou comentários racistas no perfil mantido pela cantora Ludmilla no Instagram. A artista, que  foi atração do quatro Truque Vip no Domingão do Faustão, compartilhou com os fãs fotos que mostram os xingamentos emitidos por um usuário identificado como Helder Santos: "Odeio esse criola. Nojenta. A feiosa se acha putzzz", diz postagem. O rapaz escreveu "odeio essa criola nojenta" e "A feiosa se acha putzzz feia pra c...".

O dono do perfil, que já foi excluído, é um homem de 31 anos, que mora no Rio de Janeiro e já respondeu a uma acusação por tentativa de homicídio. Ele será convocado para prestar depoimento nos próximos dias.



Desde que viu os comentários racistas, Ludmilla tem lançado repostas nas redes sociais: "Já não é a primeira vez que você comete esse crime comigo na internet. Agora é questão de honra, eu vou até o final para ver você pagar por isso!". Outras pessoas também criticaram a conduta do rapaz, que  pediu desculpas e classificou o caso como um "mal entendido". A funkeira registrou o ocorrido na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), em Benfica (zona norte do Rio), na tarde desta segunda-feira (23).

Mais Informações

Postado por Moderador às 18:18. Marcadores , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 18:18. Marcadores , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Polícia civil identificou homem acusado de racismo contra a cantora Ludmilla"

Leave a reply

"

INFO DRIVE

Rádio Vitrine Santa Luzia

Publicidade