Header Ads

  • Breaking News

    Fabricante Brasileira lança primeiro shampoo alisante do mundo

    O produto foi divulgado durante a feira de cosméticos Hair Brasil e garante deixar os cabelos lisos em apenas uma aplicação.



    A fabricante de cosméticos paulista Sweet Hair Professional lançou oficialmente nesta semana, durante a feira internacional de beleza Hair Brasil, um shampoo que promete alisar o cabelo em apenas uma aplicação. O produto, segundo a empresa, já foi lançado em feiras de cosméticos na Itália, Alemanha, China e Emirados Árabes. A divulgação do shampoo foi divulgada nacionalmente depois, devido a estratégias da empresa.

    De acordo com o fabricante, o procedimento é simples: primeiro é preciso umedecer os cabelos e remover o excesso de água, aplicar no mínimo 50 ml do produto por toda a extensão dos fios em movimentos circulares até obter espuma, deixar o shampoo agir por 20 minutos e enxaguar completamente. A finalização é feita secando os cabelos completamente e pranchando em mechas finas os fios da raiz às pontas numa temperatura de 180°C a 230°C.
    A Sweet Hair Professional afirmou que o procedimento só deve ser feito por um profissional. A marca garantiu que o procedimento pode ser feito em qualquer tipo de cabelo e também é compatível com todos os tipos de químicas que existem no mercado, desde processos de colorização a alisamento.
    O alisamento feito pelo shampoo, segundo o fabricante, dura aproximadamente três meses e não é permanente. Portanto, o efeito liso é retirado dos fios aos poucos com o tempo.
    O produto está sendo distribuído pelo Brasil inteiro e deve estar disponível nos salões de beleza nos próximos meses.
    Formulação e cuidados
    O rótulo do shampoo diz que o efeito alisante é garantido a partir de um blend de cinco ácidos: salicílico, alfa lipóico, glicólico, lático e hialurônico. De acordo com a tricologista membro da Academia Brasileira de Tricologia, Sandra Peroni, não há como afirmar sobre a segurança e eficácia do produto somente analisando quais são os produtos da fórmula. “É preciso fazer uma análise mais detalhada, com a ajuda de um engenheiro químico, para saber o produto é eficaz, seguro”, comenta a profissional.
    A recomendação, de acordo com a tricologista, é fazer sempre um teste de mecha antes. “É preciso saber como vai ser o comportamento da fibra capilar. Processos químicos, como coloração e descoloração, mudam o pH do cabelo e se o composto tiver a composição mais alcalina, pode provocar uma ruptura da fibra capilar”, alerta.

    Confira o antes e depois de cabelos que passaram pelo processo (via Facebook):




    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad