Header Ads

  • Últimas

    Vídeo de mãe estrangulando filho em curitiba por ciumes do pai

    Um vídeo, gravado por uma “mãe” (se é que se pode chama-la assim) e que circula no WhatsApp desde domingo (27), mostra a crueldade que fez com o próprio filho, de 2 anos, no bairro de Campo de Santana, em Curitiba. 




    Segundo informações, ainda não confirmadas pela polícia, a mãe monstro teria sequestrado o filho, que mora com o pai, após entrar na casa do ex com dois homens armados.
    Depois de levar o garoto, a mulher fez um vídeo estrangulando o menino, que chega a pedir socorro para ela mesma. “Mamãe, mamãe”, esboça gritar o garoto, que sequer consegue falar e tem até ânsia devido ao estrangulamento.

    O Sequestro

    A mãe monstro foi presa na tarde de hoje (28), e para a polícia, disse que tudo não passou de uma "brincadeira". Já a família paterna, acredita que ela fez as imagens para chantagear o pai da criança.

    Thays Caroline Chaves, 21 anos, se apresentou na tarde desta segunda-feira (28) no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (NUCRIA). Pesa contra ela as fortes acusações, comprovadas em vídeos, de tortura praticada contra o próprio filho, uma criança de apenas três anos.


    Acompanhada de seu pai, irmã, a tia da criança e um advogado, Thays se apresentou espontaneamente e relatou que tudo não passou de brincadeira.

    Acompanhada de seu pai, irmã, a tia da criança e um advogado, Thays se apresentou espontaneamente e relatou que tudo não passou de brincadeira. Vários familiares e amigos tanto da jovem, quanto do pai dela criança, ja estão na Delegacia acompanhando o desenrolar da situação.



    A agressora presta depoimentos à Delegacia Lucky Santiago e é assistida por um psicólogo do Núcleo. O Conselho Tutelar também está presente e a criança já está em um local seguro. O caso que gerou indignação à todos que assistiram o vídeo viralizou nas redes sociais.


    Um comentário:

    Sejam Bem vindos ao Vitrine! Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seu autor. Não aceitaremos mais comentários anônimos. Caso queira dar sua opinião tenha uma conta no Google.

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Rádio Vitrine Santa Luzia

    Post Bottom Ad

    Política no Vitrine