Headlines
Título do Artigo:
Escrito por Moderador

Trio é preso em santa luzia mg por assassinar jovem porque ele era bonito

Henrique Diniz Maximiano Martins, de 18 anos, foi morto por ser uma pessoa bonita e que relacionava bem com as mulheres. Crime foi premeditado pelos envolvidos


Operação do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil terminou com quatro pessoas presas por dois crimes cometidos em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em um dos casos, Henrique Diniz Maximiano Martins, de 18 anos, foi morto por três jovens que tinham inveja por ele ser uma pessoa bonita e que relacionava bem com as mulheres. No outro crime, Glauber Júnior Borges, de 32, foi assassinado por se negar a guardar drogas para traficantes e acionar a Polícia Militar (PM) para apreender o entorpecente. Todos os envolvidos foram apresentados na manhã desta quarta-feira.

A morte do estudante Henrique Martins aconteceu em agosto de 2013. De acordo com as investigações, Vinícius Andrade Rodrigues, de 21, Gladystone Pereira Andrade Leite, de 20, e Geovanni da Silva Santos, de 20, são amigos de infância da vítima. Todos estudavam na mesma escola e eram moradores de uma comunidade no Bairro Jaqueline, na Região Norte de Belo Horizonte. “A vítima era uma pessoa muito querida, se dava bem com as pessoas, era paquerador e isso causou inveja aos outros jovens. Por isso, eles planejaram a morte”, explicou o delegado Christiano Xavier.

O crime aconteceu em uma festa de aniversário em um sítio no Bairro Baronesa, em Santa Luzia. Quando os convidados cantavam parabéns para a aniversariante, já a noite, Vinícius, Gladystone e Geovanni, atraíram Henrique para o lado de fora da propriedade. No local, um dos jovens sacou uma arma e atirou contra a vítima, que morreu na hora. O trio fugiu depois do homicídio.

O delegado Christiano Xavier afirma que teve dificuldade para chegar até os autores por causa do medo das testemunhas. “Os três autores frequentavam bailes funks e exibiam armas. Nas redes sociais, mostravam ostentação e também exibiam revólveres. Por isso, as testemunhas ficaram com medo de passar informações e isso dificultou a identificação”, comenta.

Na última quarta-feira, Vinícius acabou preso na operação. Os outros dois envolvidos já estavam presos por outros crimes. A arma utilizada no crime, uma pistola 9 milímetros, tinha sido apreendida com Gladystone quando ele foi preso. O tiro, segundo as investigações, foram dados por Geovanni, que era menor de idade no momento do crime. “Matei porque ele pegou a minha mulher”, disse durante a apresentação.

Morte por se negar guardar drogas

O outro homicídio desvendado pela Polícia Civil de Santa Luzia foi o de Glauber Borges. Segundo as investigações, o homem era trabalhador e nasceu no Bairro Kennedy. Traficantes do bairro têm o costume de intimidar moradores para que eles guardem drogas para a quadrilha. Também usavam lotes vagos para esconderem os entorpecentes. Glauber foi um dos abordados pelo grupo e se negou a guardar o material.

Mesmo assim, os traficantes deixaram a droga na residência. Glauber acionou a PM e disse que encontrou o material, que foi apreendido. Em dezembro de 2014, os criminosos cercaram a vítima na rua quando ele voltava do trabalho e o assassinaram a tiros. Na última quarta-feira, Edenilson Alves de Freitas, de 21, foi preso por causa do crime. O comparsa dele, identificado como Leonardo, morreu no início deste ano por overdose de cocaína e estimulante sexual.

Fonte: Estado de Minas

Mais Informações

Postado por Moderador às 09:14. Marcadores , , , , , , . Assine Grátis nosso Feed RSS 2.0. e receba notícias em seu e-mail

Por Moderador às 09:14. Marcadores , , , , , , . Todos os artigos Possuem Licença Creative Cummons 6.0. Cópias são permitidas somente citando a fonte com Link

0 comentários for "Trio é preso em santa luzia mg por assassinar jovem porque ele era bonito "

Leave a reply

INFO DRIVE

Rádio Vitrine Santa Luzia